Por rafael.arantes

Rio - Apesar do empate, Hernane teve motivos para comemorar. Ele chegou a 14 gols no Brasileiro e está a apenas dois do artilheiro Éderson, do Atlético-PR.

“Atacante tem que pensar sempre em artilharia. Estou encostando. Quero ajudar e, se possível, ser o artilheiro”, disse Hernane, que lamentou o empate: “Infelizmente não era o resultado que esperávamos com um a mais.”

Hernane festeja gol no MaracaAlexandre Brum / Agência O Dia

Já André Santos criticou o adversário Hugo, expulso: “É um jogador de qualidade, mas não tem mentalidade. Para jogar futebol, é preciso ter os dois. Ele tem desrespeitado o nosso time desde o jogo de lá (pela Copa do Brasil) e veio falar que tem pré-contrato assinado.”

Você pode gostar