Por rafael.arantes

Rio - Mesmo estando na final da Copa do Brasil contra o Atlético-PR, o Flamengo poucas vezes mostrou um futebol padrão Fifa nesta temporada. No entanto, os preços dos ingressos para a partida de volta da decisão são dignos dos maiores eventos futebolísticos do planeta, como as finais do Mundial de Clubes, da Liga dos Campeões da Europa e até da Copa do Mundo.

Torcida vem lotando os estádios nos jogos do FlamengoFoto%3A Márcio Mercante / Agência O Dia

Para assistir ao jogo do dia 27, os rubro-negros terão que pagar de R$ 250 a R$ 800. Os sócio-torcedores, que geralmente têm 50% de desconto, também foram atingidos e vão pagar 40% menos. O valor inicial de venda (R$ 250) é maior do que o do ingresso mais barato para a final da Liga dos Campeões da Europa na última temporada, entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund. Na ocasião, os bilhetes variaram de R$ 216 a 1.197.

No Mundial de Clubes do ano passado, disputado em Yokohama, no Japão, e conquistado pelo Corinthians, os preços para a decisão variavam entre R$ 234 e 780. Na final da Libertadores, o Atlético-MG também inflacionou o valores. No entanto, não chegou ao patamar rubro-negro — o Galo cobrou ingressos de R$ 100 a R$ 500.

Por mais incrível que possa parecer, até mesmo a final da competição mais importante do futebol tem preços mais acessíveis que os da decisão da Copa do Brasil. Na Copa da África do Sul, os bilhetes mais baratos, da categoria 4, saíam a R$ 234.

A diretoria do Flamengo argumenta que os descontos do sócio-torcedor e de estudante são cumulativos. Por isso, o ingresso mais barato sairá a R$ 70, preço parecido com o da final da Copa do Mundo do ano que vem no mesmo Maracanã. No evento da Fifa, os ingressos variam entre R$ 165 e R$ 1.980, e estudantes também têm direito a pagar metade, ou seja, R$ 82,50.

Você pode gostar