Flamengo descarta reduzir preço dos ingressos para a final da Copa do Brasil

Diretor de marketing do clube concedeu coletiva nesta terça

Por O Dia

Rio - Após a notificação do Procon para que o Flamengo explique o grande aumento no valor dos ingressos para o segundo jogo da final da Copa do Brasil (bilhetes variam de R$ 250 a R$ 800), o diretor de marketing do clube, Fred Luz, descartou a possibilidade dos preços serem reduzidos. Em coletiva concedida na manhã desta terça-feira, o dirigente ainda revelou a grande procura pelos ingressso, comentando uma possível renda de até R$ 9 milhões para o time da Gávea.

Torcida do Flamengo se depara com ingressos caríssimos para a decisãoDivulgação

"Nós não trabalhamos com a possibilidade de reduzir os valores, não sei nem se isso é possível. O jogo vai lotar, a procura está enorme. Temos uma estimativa de renda entre R$ 8 e R$ 9 milhões", afirmou o dirigente, que também comentou a situação da carga liberada para os visitantes, esperando que a torcida rubro-negra possa comprar os bilhetes que restarem.

"Estamos esperando para ver qual a solução para a questão do setor visitante. Estamos tentando um caminho para que a torcida do Flamengo possa comprar os ingressos não utilizados. Se perdermos dinheiro, o custo disso será estratosférico", afirmou.

A venda dos ingressos para a final foi iniciada na última segunda-feira, apenas para os sócios-torcedores. A data de liberação da venda para os demais torcedores ainda não tem data marcada. A partida acontece no dia 27 de novembro, no Maracanã.