Welinton marca e dá a vitória ao Flamengo na estreia no Carioca

Rubro-Negro é o único clube grande a vencer na 1ª rodada

Por O Dia

Rio - O Flamengo começou a temporada de 2014 com vitória. Mesmo com o time reserva (os titulares se preparam para a Libertadores), o Rubro-Negro foi superior e venceu o Audax, neste domingo, por 1 a 0, na estreia no Carioca. O jogo marcou o retorno do Estadual ao Maracanã. O estádio ficou mais de três anos sem receber uma partida do torneio. O Fla jogou pela primeira vez com o escudeto que representa o título da Copa do Brasil de 2013.

Welinton abriu o placar para o FlamengoCarlos Moraes / Agência O Dia

Com um time leve, o Flamengo apostou na velocidade e nas jogadas pelas laterais. Negueba, no primeiro tempo, e Gabriel eram as principais peças ofensivas. Mattheus tentou armar o time, mas teve uma atuação discreta e até foi vaiado ao ser substituído. No segundo tempo, o Rubro-Negro mostrou falta de pontaria e perdeu três chances claras. Não fizeram falta. O Fla foi o único grande a vencer na primeira rodada do Estadual (Fluminense perdeu para o Madureira, Vasco empatou com Boavista e o Botafogo empatou com Resende).

>>> FOTOGALERIA: As imagens da vitória do Flamengo na estreia no Carioca

Na próxima rodada, na quarta-feira, às 22h, o Flamengo encara o Volta Redonda no Raulino de Oliveira. O Audax joga no mesmo dia, às 17h, contra o Resende em Moça Bonita.

Apresentação para a torcida

Antes de a bola rolar, o Flamengo apresentou para os torcedores cinco caras novas para 2014. O lateral-direito Léo, o zagueiro Erazo e os meias Elano, Everton e Mugni foram ao gramado e receberam aplausos da torcida. O volante Feijão, relacionado para o jogo, e o atacante Alecsandro, liberado para resolver problemas pessoais, não participaram da "cerimônia".

Da esquerda para a direita%2C Erazo%2C Léo%2C Everton%2C Elano e Mugni são apresentados para a torcidaCarlos Moraes / Agência O Dia

O JOGO

O Flamengo não demorou a abrir o placar no Maracanã. Após escanteio cobrado pela direita, Cáceres desviou, Welinton apareceu livre e chutou de primeira: 1 a 0, logo aos cinco minutos. O Rubro-Negro quase ampliou, novamente em jogada de bola parada. Negueba cobrou falta e a bola foi para fora, com perigo. O Rubro-Negro apostava na velocidade de Negueba e Gabriel, mas não conseguia acertar o último passe.

O Audax levou perigo com Wellington. Ele arriscou de fora da área e obrigou Paulo Victor a salvar. O Flamengo usou o mesmo expediente. Negueba arrancou pela direita e chutou. Yamada espalmou.

Mattheus teve mais uma chance no time profissional e jogou com a camisa 10. Ele teve atuação discretaCarlos Moraes / Agência O Dia

O Rubro-Negro voltou com Muralha no lugar de Negueba. Ambos voltaram de empréstimo. A estratégia rubro-negra era apostar na velocidade pelos lados do campo. Gabriel lançou Nixon, mas Yamada defendeu o chute do atacante. O goleiro do Audax novamente salvou. João Paulo surgiu livre pela esquerda e ficou cara a cara, mas emendou em cima de Yamada. Mattheus foi mais um a ter chance de marcar, mas arrematou para fora.

Jayme de Almeida fez mais uma substituição. Ele colocou Carlos Eduardo no lugar de Mattheus. O jovem saiu vaiado. Depois foi a vez de Feijão estrear. Ele entrou na vaga de Gabriel. O Fla administrou e venceu.

FICHA DO JOGO

FLAMENGO 1X0 AUDAX
Estádio: Maracanã
Árbitro: Philip Georg Bennett
Cartões amarelos: Jorginho Paulista, Arthur e Washington (Audax); Gabriel e Val (Flamengo)
Cartões vermelhos: -
Público pagante: 10.522 pessoas
Gols: Welinton (Flamengo, 5'/1ºT)

Flamengo: Paulo Victor; Digão, Welinton, Frauches e João Paulo; Cáceres, Val, Mattheus (Carlos Eduardo, aos 39' do 2ºT), Gabriel (Feijão, aos 41' do 2ºT) e Negueba (Muralha, no intervalo); Nixon; Técnico: Jayme de Almeida

Audax: Yamada; Adriano, Aderaldo, Leandro Camilo e Jorginho Paulista; Arthur, Kláuber (Michel, aos 20' do 2ºT), Lucas Casotti (Alê, aos 34' do 2ºT) e Willian (Adilson, aos 11' do 2ºT); Wellington e Washington; Técnico: Válber