Amaral é expulso no início e Fla perde para o León na estreia da Libertadores

Rubro-Negro volta a campo pela competição no próximo dia 26

Por O Dia

México - Enfrentando a altitude e o atual campeão mexicano, o Flamengo ainda deve mais um complicador: jogar com um a menos durante quase toda a partida. Com menos de 15 minutos, Amaral foi expulso e deixou ainda mais difícil a tarefa rubro-negra. No fim, o clube carioca acabou derrotado por 2 a 1, no Nou Camp.

O Flamengo volta a campo pela Libertadores no próximo dia 26 contra o Emelec, no Maracanã. Já a equipe mexicana vai viajar e tem pela frente o Bolívar, no Hernando Siles.

Flamengo teve dificuldades diante do LeónReuters

O JOGO

A estreia na Libertadores não começou muito boa para o Flamengo. Com menos de um minutos, o León quase abriu o marcador. Boselli cruzou e Britos quase tocou para o fundo das redes. Com 12 minutos, Amaral deixou as coisas ainda mais complicadas. Após jogada ríspida, o volante foi expulso.

Com um a mais, o time mexicano pressionou e abriu o marcador. Aos 30 minutos, Boselli dividiu com Hernane e o árbitro marcou pênalti, O próprio Boselli cobrou e fez o primeiro gol da partida.

>>> FOTOGALERIA: Confira as imagens do tropeço do Flamengo no México

Quando parecia que terminaria perdendo o primeiro tempo, o Rubro-Negro sofreu um efeito positivo com o gol do León. Aos 37 minutos, Samir quase marcou, após cobrança de falta de Elano. Cinco minutos depois, o Flamengo conseguiu o seu gol. Em jogada semelhante, Cáceres tocou de cabeça e empatou a partida.

O segundo tempo começou com pressão do time mexicano e rapidamente ocorreu um novo pênalti para Léon. Dessa vez, Boselli bateu com cavadinha e Felipe defendeu.

As coisas poderiam ter melhorado para o Flamengo um minuto depois. Elano cobrou falta, a bola desviou em Cáceres e bateu na trave do time mexicano. Como o Rubro-Negro não aproveitou, o León foi lá e fez o dele. Após toque de cabeça dentro da área, Arizala tocou sem chances de defesa para Felipe.

O gol desestabilizou o Flamengo. Jayme tentou mexer na equipe, mas a equipe não conseguiu lutar pelo empate, pelo contrário, o León continou a sua pressão, mas também não ampliou o marcador, que seguiu inalterado.


FICHA TÉCNICA

LEÓN 2 X 1 FLAMENGO

Local: Nou Camp
Árbitro: José Hernando Buitrago (COL)
Cartões amarelos: González (LEO); Felipe, Cáceres, André Santos e Mugni (FLA)
Cartões vermelhos: Amaral (FLA)

GOLS: Boselli, 30'/1ºT (1-0); Cáceres, 43'/1ºT (1-1) e Arizala, 22'/2ºT (2-1).

LEÓN: Yarbrough; Vázquez, Magallón, Rafa Márquez, González (Arizalas, 40'/1ºT) e Hernández; Montes, Loboa (Navarro, 45'/2ºT) e Peña; Mauro Boselli e Britos. Técnico Gustavo Matosas.

FLAMENGO: Felipe, Léo Moura, Wallace, Samir e André Santos; Amaral, Cáceres, Elano (Muralha, 28'/2ºT) e Mugni (Alecsandro, 37'/2ºT); Everton (Paulinho, 20'/1ºT) e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida.