Felipe admite excesso de vontade do Fla e contesta marcação de pênalti para León

Goleiro foi um dos destaques do Flamengo na partida

Por O Dia

México - Espírito de Libertadores não faltou ao Flamengo, nesta quarta-feira. Atuando com um a menos quase todo o tempo, o Rubro-Negro lutou muito, mas acabou derrotado na estreia da competição.

Após o fim da partida, o goleiro Felipe admitiu que o excesso de vontade pode ter prejudicado o clube carioca na partida no México.

Fla de Elano não conseguiu vencer o LeónEfe

"Entramos com um pouco mais de vontade, mas realmente, pecamos um pouco, em alguns lances, acabaram sendo mais ríspidos, mas acontece é uma competição complicada", afirmou.

>>> FOTOGALERIA: Confira as imagens do tropeço do Flamengo no México

O goleiro foi personagem importante da partida. Ele travou um duelo particular com Boselli. Duas penalidades forma batidas pelo jogador do time mexicano. Felipe tomou um gol e defendeu um pênalti. Um dos melhores atletas do Fla na partida, ele constestou a marcação do árbitro.

"No primeiro pênalti, eu achei que ele fosse bater de uma maneira, mas ele mudou. Infelizmente não consegui pegar. O outro fui feliz. Mas, infelizmente, acho que fomos prejudicados, porque o primeiro não foi, o segundo, acho que aconteceu, porque o André chegou um pouco mais forte, mas agora é passado, temos que pensar no próximo jogo", concluiu.