Por pedro.logato

Rio - Em tarde agitada no Ninho do Urubu, Paulo Pelaipe atendeu aos pedidos dos jornalistas e falou a respeito da situação de Hernane. Segundo o diretor executivo do Flamengo, o Brocador recebeu uma proposta oficial do Shangai Shenhua, da China. A diretoria, inclusive, dá como certa a saída do artilheiro.

Pelaipe negou que Hernane já esteja vendidoMaíra Coelho / Agência O Dia

"Realmente houve uma proposta pelo Hernane, aliás não é a primeira, mas esses assuntos ainda serão tratatos pela diretoria. Não existe nada finalizado, há a proposta, mas não está certo. O Hernane é jogador do Flamengo, treinou, vai concentrar e vai pro jogo contra o Emelec. Não é verdade que ele já está vendido", disse.

A diretoria do Flamengo, porém, já dá Hernane como negociado. O Flamengo só vai confirmar a transferência quando receber o dinheiro. A negociação ficou paralisada devido ao fuso da China. O Brocador foi relacionado para o jogo desta quarta, mas pode nem jogar. 

Em janeiro, Hernane esteve perto de ir para o mundo árabe. Ele, por sinal, gostaria de ter sido negociado para receber um salário maior.

Pelaipe fez questão de elogiar o jogador e de convocar a torcida rubro-negra para a importante partida contra o Emelec, quarta-feira, às 22h, pela Copa Libertadores.

"Em nenhum momento o Hernane pediu para sair, ele é um grande profissional e jamais nos procurou querendo uma transferência. São propostas e são negócios podem acontecer. Não é a primeira vez que recebemos sondagens por ele. O torcedor está acreditando na equipe, e o Flamengo ao lado da sua torcida se torna um time quase imbatível. Precisamos fazer o dever de casa nesta quarta diante do Emelec", finalizou.

Você pode gostar