Por fabio.klotz

Rio - O pedido da torcida do Flamengo virou realidade. Na quarta-feira, na vitória sobre o Emelec, pela Copa Libertadores, a Nação gritou: "Fica, Hernane". O Brocador vai continuar. Uma reunião entre o artilheiro, o empresário Paulo Pitombeira e o clube selou a permanência do camisa 9. A decisão de Hernane de permanecer no Rubro-Negro pesou. Além disso, a falta de garantia do Shangai Shenhua fez o Rubro-Negro desistir da venda. No Twitter, o Flamengo celebrou a permanência de Hernane.

Hernane entrou no Maracanã com o futuro incerto. O jogo contra o Emelec poderia ter sido o último com a camisa do Flamengo. Ele mesmo, após a vitória, disse que não sabia se ficaria. O Rubro-Negro já havia aceitado a oferta chinesa de cerca de R$ 11 milhões, mas exigia garantias financeiras. A história do Brocador no Fla não terminou.

Hernane comemorou o gol com a torcida do Flamengo Márcio Mercante / Agência O Dia

É a segunda vez que o Flamengo recebe uma oferta milionária por Hernane. No início do ano, o Al Jazira fez uma proposta milionária para contratar o Brocador. O Fla não topou o negócio. A multa rescisória do artilheiro é de R$ 26 milhões.

O Brocador é uma das apostas do Flamengo para a Libertadores. Hernane se destacou em 2013 na conquista da Copa do Brasil e conquistou a torcida rubro-negra. Ao todo, ele tem 80 jogos e 44 gols pelo clube.

Você pode gostar