Felipe (quase) arrependido por declaração

Goleiro pede desculpas à torcida do Vasco, mas acusa Fellipe Bastos e diz que brincadeira vale a pena

Por O Dia

Rio - De cabeça fria, Felipe pediu desculpas à torcida do Vasco, mas o mea culpa veio acompanhado de mais polêmica. O camisa 1 revelou por que estava com a língua tão ferina após a conquista do Carioca. Arrependido de ter dito que vencer “roubado é mais gostoso”, o goleiro acusou jogadores como Fellipe Bastos de fazer gestos obscenos para ele e xingá-lo da beira do gramado, antes do fim da partida.

“Antes de o jogo terminar, eles estavam provocando no banco, xingando muito e rodando camisas. Ele (Fellipe Bastos) foi um dos que perderam a linha, estava rodando camisa e chegou a fazer assim (repete gesto obsceno, segurando as próprias partes íntimas)”, disse Felipe, que aproveitou para queimar o filme do xará vascaíno:

Felipe mudou discurso sobre a finalAlessandro Costa / Agência O Dia

“No futebol, todo mundo é amigo, mas em campo cada um defende o seu. Tem a rivalidade natural, mas não tem necessidade disso. Conheço muita gente, tenho amizade com vários jogadores, mas não sei de ninguém que seja amigo dele.”

Prova de que a amizade dos jogadores transborda a rivalidade, o celular de Felipe apitou de madrugada. Era uma mensagem de Douglas, camisa 10 do Vasco, autor do gol de pênalti na decisão. Nela, o meia trata o assunto com espírito esportivo.

“Ele dizia: ‘Ganhar roubado é mais gostoso, né?’. E eu respondi: ‘Que isso meu maestro’.”

Ao se dirigir à torcida do Vasco, Felipe muda o tom. Ainda no gramado, após o apito final, ele já havia elogiado o comportamento dos torcedores adversários, que empurraram o time o jogo todo. Àqueles que possam ter se ofendido com a declaração, o camisa 1 se retratou, sem perder a irreverência.

“Eu ter falado ‘roubado’ pegou um pouco mal, era mais fácil ter falado ‘polêmico’. Por essa parte peço desculpas aos torcedores do Vasco, acabei me expressando mal. Mas a brincadeira sem violência vale a pena.”

Felipe foi alvo de críticas. Nas redes sociais, sua frase foi usada como parâmetro para avaliar seu caráter, como se ele fosse a favor de trapaças. O camisa 1 se defende:

“Parece até que sou o presidente da Federação, que sou eu quem ensina o cara a apitar o jogo. A gente fala ali brincando. Infelizmente, a gente ganhou o título assim, mas a culpa não é nossa, a culpa não é do Flamengo”.

Terço foi roubado no campo

A brincadeira foi inevitável na Internet. Torcedores rivais não perdoaram o goleiro rubro-negro, que teve seu terço roubado dentro do campo, logo após a final com o Vasco, no domingo. “Roubado é mais gostoso, Felipe”, disse, a maioria, nas redes sociais.

O goleiro ficou aborrecido porque usava o terço há mais de seis anos. “Foi na mão grande. O cara puxou... O terço sempre me deu muita sorte. Vai dar sorte pra ele também”.

Felipe sempre usou o terço como amuleto, e já o havia perdido em 2011, em um jogo contra o Ceará, pela Copa do Brasil.