Por rodrigo.hang

Rio - A diretoria do Flamengo anunciou oficialmente o desligamento do técnico Jayme de Almeida nesta segunda-feira, um dia após a derrota de 2 a 0 no clássico contra o Fluminense. O Rubro-Negro não perdeu tempo e já anunciou Ney Franco, que passou pelo clube entre 2006 e 2007 como o novo treinador da equipe. Jayme mostrou-se surpreso com a demissão, mas manteve a mesma serenida e profissionalismo ao comentar o assunto.

Abatimento: Jayme foi demitido após derrota para o Flu e critica diretoria por não avisá-lo corretamenteCarlos Moraes / Agência O Dia

“Infelizmente o futebol é feito única e exclusivamente de resultado imediato. O passado e o futuro não são levados em consideração. Conquistamos um título da importância da Copa do Brasil mesmo sendo encarados como um dos piores times entre os finalistas e um título estadual quando ninguém mais acreditava na equipe. E aí perde-se um clássico e todo o trabalho é jogado de lado", disse Jayme, para em seguida mostrar abatimento.

"É lamentável, mas vai demorar até que o pensamento seja diferente disso no futebol brasileiro. Pelo menos saio com a consciência mais do que tranquila de que fiz o meu trabalho da melhor forma possível. Com títulos e um desempenho bastante satisfatório", comentou o treinador, relembrando as conquistas.

Jayme criticou a postura da diretoria do Flamengo no episódio. Segundo o comandante, nenhum membro do clube o avisou do desligamento e que, quando o vice-presidente do clube, Wallim Vasconcelos, ligou, a notícia já tinha sido divulgada nos veículos de comunicação. 

“Obviamente não gostei como as coisas foram conduzidas, principalmente pela relação próxima e acima de tudo bem franca que eu sempre tive com todos ligados ao futebol. Acredito que tudo poderia ter sido tratado de forma mais profissional. Por isso disse que estava perplexo com o fato de não ter recebido nenhum telefonema durante todo o dia, quando todos da imprensa já afirmavam que eu havia sido demitido e, inclusive, já davam um novo técnico. Só fui receber uma ligação do Wallim às 18h30 para me comunicar o que todos já sabiam. É inadmissível que uma coisas dessas aconteça em pleno ano de 2014”, comentou, mostrando indignação. 

Sobre o futuro, Jayme acredita que possa acertar em breve com um novo clube. Ele revelou que seu empresário já recebeu algumas propostas, o que o deixa contente.

“Agora só penso em descansar. Já sei que alguns clubes entraram em contato com meu empresário quando começaram as notícias de que eu deixaria o Flamengo, o que me deixa muito feliz, pois é o reconhecimento do meu trabalho. Acredito que em breve poderei estar no comando de outro grande clube para dar seguimento à minha carreira”, concluiu Jayme de Almeida.

Você pode gostar