Por bernardo.argento

Rio - Felipe Ximenes,  diretor executivo de futebol do Flamengo, recém chegado ao clube, já mostrou que não está de brincadeira. Depois da derrota do Rubro-Negro para o Cruzeiro, por 3 a 0, a ESPN Brasil flagrou uma sonora bronca do diregente no vestiário do estádio Parque do Sabiá, em Urbelândia. 

"Não era para ter tomado de três ou quatro. Era para ter tomado de oito. De oito! Eu sei que tem jogador que não está nem aí para essa p... E se não está nem aí para essa p..., eu não estou nem aí para os (inaudível)", gritou, aos berros.

Ney Franco foi flagrado dando uma sonora bronca no elenco do Flamengo depois da derrota para a RaposaEstadão Conteúdo

Na sequência da conversa, Ximenes afirmou que possui o apoio da diretoria para fazer as alterações necessárias no elenco. O diretor executivo usou o argumento para ameaçar os atletas menos comprometidos.

"Eu tenho um respeito muito grande de outros profissionais, e vou falar uma coisa: eu estou com uma determinação da diretoria aqui que me dá carta branca para mudar", disse.

O revés diante da Raposa aumentou a crise no clube. Vice de futebol, Wallim Vasconcellos entrou o cargo logo após o duelo. O presidente Eduardo Bandeira de Melo vai acumular a função por enquanto. O elenco do Flamengo ganhou folga até o dia 15 de junho.

Nesta segunda-feira, a delegação rubro-negra desembarcou no Rio sem os principais atletas do elenco. O meia Muralha comentou a bronca de Felipe Ximenes. 

"Ele foi duro, mostrou com palavras que vai mudar o clube. Essa parada para a Copa vai servir para esfriar a cabeça e voltar forte", disse Muralha.

Errata: Ao contrário do publicado anteriormente, a declaração não foi feita pelo técnico Ney Franco. 

Você pode gostar