Flamengo joga desfalcado de seus ‘campeões’

Rubro-Negro tenta sair do grupo da morte sem os alemães Neuer, Lahm, Schweinsteiger e Podolski

Por O Dia

Rio - Macaé - Os rubro-negros que torceram por Neuer, Lahm, Schweinsteiger e Podolski na Copa do Mundo voltam à realidade a partir desta quarta-feira, às 22h em Macaé. E ela não é das mais animadoras. Sem vencer há seis rodadas, com a segunda pior defesa (13 gols), o terceiro pior ataque (6) e na vice-lanterna do Brasileiro, o Flamengo enfrenta o Atlético-PR na tentativa de sair do abismo e se reerguer para salvar um ano em que a maior alegria da torcida foi o título da Alemanha.

Flamengo encara o Atlético-PRDivulgação

De novidade para a volta aos campos somente a mudança no esquema. Os jogadores serão praticamente os mesmos, já que, nesses 45 dias de paralisação, a única contratação anunciada foi a do apoiador Canteros, ex-Velez Sarsfield, mas que não foi regularizado a tempo de estrear hoje.

O Velez confirmou o pagamento do Flamengo, que é de cerca de R$ 5 milhões, mas a documentação não chegou e o nome do argentino não entrou no Boletim Informativo Diário (Bid) da CBF. Assim, a estreia de Canteros fica para domingo, contra o Inter.

Time definido

Ontem, Ney Franco fez um treino tático fechado no Moacyrzão, palco do jogo de hoje, e repetiu a escalação do coletivo de segunda. Depois de amargar a barração nos últimos três jogos do Brasileiro, em que nem ficou no banco, Felipe voltou a treinar entre os titulares e foi confirmado pelo treinador, que ainda não venceu desde o seu retorno ao Rubro-Negro.

“Simulamos situações de jogo, de ataque e de defesa. Aproveitamos também para dar uma repassada em tudo o que treinamos de jogadas de bola parada, escanteios e laterais”, afirmou Ney Franco por intermédio da assessoria de imprensa.