Por fabio.klotz

Rio - As duas derrotas seguidas do Flamengo no Brasileiro não abalaram a confiança de Vanderlei Luxemburgo, que já esperava por essa oscilação. Sabedor das limitações de sua equipe, o técnico está mais preocupado com a difícil sequência que terá pela frente e quer diminuir ao máximo os danos que a turbulência nas próximas rodadas pode trazer ao clube na tabela. Se conseguir o que planeja, Luxa aguardará pelo sol no horizonte para acabar com o tormento da luta contra o rebaixamento e sonhar mais alto.

Luxemburgo reclama da tabela do BrasileiroMárcio Mercante

Enquanto essa fase não chega, resta se planejar da melhor forma possível para o que vem pela frente. Segundo o técnico, o Flamengo terá 13 rodadas de muita turbulência, com nove clássicos nacionais. A sequência começou com o Grêmio, continuará com o Corinthians, neste domingo, e só terminará com o Botafogo, na 31ª rodada.

LEIA MAIS: Flamengo x Corinthians já tem 28 mil ingressos vendidos para o jogo

A preocupação de Vanderlei se dá pelo desempenho rubro-negro no primeiro turno nesses oito clássicos dessa sequência, com clubes da parte de cima e de baixo da tabela. Foram duas vitórias (Palmeiras e Botafogo), um empate (Santos) e cinco derrotas (Corinthians, Fluminense, São Paulo, Cruzeiro e Inter).

LEIA MAIS: Elias se arrepia ao projetar reencontro com o Flamengo, mas prevê vaias

As cinco vitórias seguidas na chegada do treinador deram uma gordura que é considerada importante para aguentar a turbulência que se aproxima. Mesmo assim, o Flamengo sabe que não pode se dar ao luxo de esperar a tempestade passar, já que está a apenas cinco pontos da zona de rebaixamento.

LEIA MAIS: Luxa vê evolução no Fla e projeta clássico com o Corinthians no Maraca

“Tínhamos uma gordura de oito pontos e agora é de cinco. Temos que avançar, mas estaria mais preocupado se tivéssemos jogado mal contra Grêmio e Goiás. Estou pensando mais na tabela difícil. Tinha projetado (a oscilação do time) neste início de segundo turno, onde vou enfrentar grandes equipes, é a parte mais dura da competição”, afirmou Vanderlei, que terá pela frente quatro clássicos seguidos (Corinthians, Palmeiras, Fluminense e São Paulo).

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

“É complicado, não podemos colocar tantos clássicos seguidos. Mas só precisamos jogar da mesma forma que nos últimos jogos e não levar o gol da forma que tomamos. A atuação foi ótima e, se o time repetir, vai me deixar feliz”, completou.

Você pode gostar