Por fabio.klotz

São Paulo - Vanderlei Luxemburgo encarou com naturalidade o empate entre Flamengo e Palmeiras, nesta quarta-feira, no Pacaembu. O técnico preferiu exaltar o resultado, mesmo depois de o Rubro-Negro ir para o intervalo com 2 a 0 de vantagem. Luxa só lamentou o fato de não ter tido mais tempo quando teve vantagem numérica (Valdivia foi expulso no fim do jogo).

"Eram mais 15 minutos ali (de jogo) e iríamos ganhar de três ou quatro", disse o técnico, que analisou o duelo e falou sobre a substituição de Cáceres, que saiu no intervalo:

"Tirei o Cáceres, tinha certeza de que colocaria o Valdivia em cima dele. Coloquei o Amaral e depois o Luiz Antonio, porque estavam forçando em cima do Léo Moura. Faltou ter mais acerto no contra-ataque. Tinha de sair mais pelo lado do campo. Fizemos um gol pelo lado. Foi um grande resultado. É difícil jogar aqui contra o Palmeiras, mesmo nessa situação. O Palmeiras no segundo tempo buscou o resultado. Faz parte. Tivemos uma boa apresentação. Colocamos a vantagem, poderia ter mais pegada e atenção nos primeiros 15 minutos. Mas levamos e aí ficou mais complicado."

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

O discurso de Luxa é oposto ao de Chicão, que criticou o apagão do time e disse que estava insatisfeito com resultado, e João Paulo, que declarou que o Flamengo perdeu dois pontos.

"Sem confrontar meus jogadores, mas se acharam que perderam dois pontos é bom. Mostra que querem algo mais. Pela circunstâncias, nós levamos um ponto. Mas é bom saber desse pensamento dos jogadores, que querem algo mais", declarou o técnico.

Você pode gostar