Flamengo é Paulo Victor e mais dez em 2015

Com o gol em boas mãos, diretoria corre agora atrás de jogadores para montar um elenco competitivo

Por O Dia

Rio - Foram quase oito anos de espera, mas quando a oportunidade apareceu, Paulo Victor a agarrou sem dar rebote. Com o afastamento de Felipe, o goleiro, que estreou no profissional do Flamengo em 2006, prova, a cada partida, que o clube não precisa ir ao mercado em busca de jogadores para a posição.

Paulo Victor se firmou em 2014Márcio Mercante

“Não procuramos por um goleiro. Nosso jogador para a posição em 2015 será o Paulo Victor. Estamos muito bem servidos, inclusive de reservas (César, Daniel e João Paulo)”, garante o vice de futebol, Alexandre Wrobel.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Se no gol a questão está resolvida, a diretoria terá que trabalhar muito para fechar um elenco competitivo e evitar o sofrimento de 2014. Por isso, toda semana, Wrobel, além do diretor de futebol, Felipe Ximenes, e o técnico Vanderlei Luxemburgo sentam para discutir prioridades.

O projeto 2015, como o treinador gosta de falar, começou a ser traçado antes mesmo de o time sair da confusão. O mercado já foi mapeado, mas Wrobel evita falar de nomes e posições carentes.

“Já temos algumas coisas caminhando com jogadores que nos interessam, mas nada conclusivo, nada fechado”, disse o dirigente, que comentou a possibilidade de acerto com o lateral-esquerdo Thallyson, em fim de contrato com o ASA: “É uma aposta, um atleta que nos interessa que veio fazer exames médicos.”

Chicão, Marcelo, Léo Moura, João Paulo, Anderson Pico, Márcio Araújo, Nixon, Arthur ficarão sem contrato no fim do ano. Além disso, Welinton, Thomás, Digão, Rodolfo, Renato Santos, Rafinha, Val, Camacho e Bruninho voltam de empréstimo.