Flamengo goleia o Vitória e impede rebaixamento precoce do Botafogo

Rubro-Negro foi superior durante toda partida e ajudou o rival na luta contra o fantasma da Segunda Divisão

Por O Dia

Manaus - Apesar de não disputar mais nada no Campeonato Brasileiro, o Flamengo ajudou o rival Botafogo e goleou o Vitória por 4 a 0, neste domingo, na Arena Amazônia. Os gols do duelo foram marcados por Kadu (contra), Elton (depois de perder várias chances), Everton e Nixon. O Leão até começou bem, mas sentiu a pressão, ficou nervoso e sucumbiu à força do Rubro-Negro carioca.

O triunfo do time da Gávea impediu que o Alvinegro fosse rebaixado para Série B, antes de entrar em campo diante do Santos, neste domingo, na Vila Belmiro, às 17h. O Leão, por sua vez, segue no Z-4, na 17º colocação, e precisará vencer o Peixe na última rodada e torcer por um tropeço do Palmeiras para o Atlético-PR para não ser rebaixado.

Flamengo não tomou conhecimento do Vitória e aplicou uma goleada por 4 a 0 Estadão Conteúdo / Danilo Mello

O JOGO

Precisando desesperadamente do triunfo, o Vitória começou a partida elétrico. Logo no primeiro minuto quase abriu o placar. Paulo Victor salvou o Flamengo após tentativa de finalização de Dinei. O ímpeto baiano, no entanto, não durou muito. Mostrando nervosismo, o time foi perdendo o controle do jogo e viu o Flamengo crescer de produção apostando na velocidade.

Aos 22 minutos, João Paulo disparou pela esquerda, tocou para Éverton. O meia deu passe açucarado para Elton, que não conseguiu completar para rede. A chance, no entanto, não fez falta. Em seguida, após Roberto Fernandez fazer milagre em arremate à queima roupa de Elton, Everton aproveitou cruzamento do camisa 9, testou firmemente, a bola tocou à trave e passou por poucos centímetros pela linha: 1 a 0.

O Leão sentiu o baque e o Rubro-Negro carioca quase ampliou. Nixon levantou na área, Elton se atirou na bola, que tocou caprichosamente o travessão. Antes do fim do primeiro tempo, o Vitória respondeu. Dinei cabeceou e Paulo Victor fez ótima defesa.

Na volta para segunda etapa, o panorama continuou o mesmo. O Vitória sentia muita dificuldade nas armação das jogadas e o Flamengo seguia desperdiçando oportunidades de aumentar a vantagem. De tanto tentar, Elton, enfim, fez o dele. Aproveitou cruzamento de Mugni, antecipou à zaga e testou firmemente para deixar 2 a 0 no placar.

O gol foi o estopim para o Vitória perder a cabeça de vez. Escudero foi expulso após pisar em Cáceres. O Fla aproveitou a vantagem numérica e fez mais dois com Everton e Nixon: 4 a 0 e festa da torcida rubro-negra na Arena Amazônia, e dos botafoguenses pelo Brasil.

FLAMENGO 3 X 0 VITÓRIA

Estádio: Arena Amazônia

Árbitro: Elmo Alves (Goiás)

Gols: Kadu (Contra) (1ºT 27'), Elton (2ºT 23'), Everton (2ºT 35'), Nixon (2ºT 40')

Cartões amarelos: Léo Moura (Flamengo), Richarlyson (Vitória), Everton (Flamengo), Dinei (Vitória), Canteros (Flamengo) 

Cartões vermelhos: Escudero (Vitória)

Flamengo:Paulo Victor, Léo Moura (Anderson Pico), Marcelo (Erazo), Wallace e João Paulo; Cáceres, Canteros, Márcio Araújo (Lucas Mugni) e Everton; Nixon e Elton

Vitória:Roberto Fernández, Nino Paraíba (Willian Henrique), Ednei, Kadu e Richarlyson; Neto Coruja, José Welison, Cáceres e Marcinho (Marcos Junior); Escudero e Dinei