Diretoria do Flamengo garante ampla maioria em eleição do Conselho Deliberativo

Em eleição na Gávea, Chapa Azul conseguiu eleger 60 conselheiros contra 15 da oposição

Por O Dia

Rio - O grupo político do presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, ganhou a queda de braço política em forma de eleição, nesta segunda-feira, na Gávea. Por 764, para a Chapa Azul, a 426, para a Chapa Branca, a situação garantiu a maioria de cadeiras no conselho deliberativo do clube.

A eleição tinha como propósito repor os 115 conselheiros (75 titulares e 40 reservas) que foram destituídos por terem excedido o limite de faltas sem justificativa. Com o resultado, a situação fica com 60 cadeiras, contra 15 da oposição (32 a 8 reservas).

A oposição se mobilizou para vencer as eleições, e a situação temia perder a soberania para aprovar suas pautas. A mais importante, a mudança do estatuto, encontra forte resistência do presidente do Conselho Deliberativo, Delair Dumbrosck.