Flamengo atropela no segundo tempo e vence mais uma na Liga das Américas

Calibrado nas bolas longas, Herrmann anota 26 pontos, sendo o cestinha do jogo. Ala-pivô Olivinha anota um duplo-duplo

Por O Dia

México - A superioridade técnica era evidente. Após um primeiro tempo até certo ponto equilibrado, o Flamengo deslanchou nos dois últimos períodos (ganhou por 62 a 36) e atropelou o Leones de Quilpue, neste sábado, pela Liga das Américas: 110 a 77. Foi a segunda vitória rubro-negra no torneio. O atual campeão venceu o Malvin na estreia. Agora o Fla vai encarar os donos da casa, o Pioneros de Quintana Roo, na madrugada de domingo para segunda, às 0h30, no último jogo pelo Grupo B. O Fla pode até perder por 41 pontos que avança de fase. O Malvin bateu o Pioneros no complemento da rodada.

Laprovittola anotou 18 pontos e distribuiu nove assistências na vitória do FlamengoDivulgação

Contra o Leones, o Flamengo não pôde contar novamente com Marquinhos e Gegê. Mesmo assim, o poderio ofensivo continuou alto: cinco atletas alcançaram dois dígitos na pontuação. O cestinha foi o ala-pivô argentino Herrmann. Ele anotou 26 pontos, com 100% de aproveitamento nas bolas de três (acertou as quatro que tentou). Olivinha anotou um duplo-duplo de 21 pontos e 12 rebotes. Laprovittola contribuiu com 18 pontos e nove assistências. Benite saiu do banco para ajudar com 17 pontos, quatro a mais que Meyinsse.

Derrotado na estreia pelo Pioneros, o Leones está eliminado na primeira fase da Liga das Américas. No jogo deste sábado, Nelson foi o cestinha do time. O pivô anotou 18 pontos, três a mais do que Cooke.

O jogo

O Flamengo não demorou a abrir vantagem no placar. A dupla hermana formada por Laprovittola e Herrmann se destacou ofensivamente. O armador anotou nove pontos e ainda deu três assistências. O ala-pivô contribuiu com sete pontos. No embalo argentino, o Rubro-Negro venceu o primeiro período por 28 a 18.

O clube chileno ensaiou uma reação no segundo quarto. A defesa rubro-negra dava espaços. A vantagem do Flamengo caiu para cinco pontos. O técnico José Neto parou o jogo. Mesmo irregular, o Rubro-Negro foi para o intervalo com sete pontos de frente: 48 a 41. Laprovittola, com 12 pontos e quatro assistências, foi o destaque do Fla no primeiro tempo. Pelo lado do Leones, Cooke, com 13 pontos, e Nelson, com 10, foram os principais jogadores.

O Flamengo voltou com tudo do vestiário. Olivinha, Meyinsse e Herrmann fizeram a vantagem rubro-negra pular para 14 pontos. O técnico Claudio Jorquera parou a partida. De nada adiantou. Meyinsse fazia estrago no garrafão chileno. Com propriedade, o Fla colocou 20 pontos de frente: 78 a 58.

No último quarto, o Flamengo não diminuiu o ritmo. Benite, Laprovittola e Herrmann levaram vantagem à casa dos 30 pontos. O Rubro-Negro atropelou o clube chileno.