'Flamengo de coração', Jonas chega ao clube e diz: 'Minha meta é ganhar tudo'

Schweinsteiger do Maranhão mostra ambição para brilhar

Por O Dia

Rio - O volante Jonas, 23 anos, foi apresentado no início da tarde desta quarta-feira, no Ninho do Urubu, como novo reforço do Flamengo. O jogador, que estava no Sampaio Corrêa, declarou que já chorou pelo Rubro-Negro e prometeu até comer grama para buscar seu espaço. O clube adquiriu 70% dos direitos do atleta, que assinou contrato por quatro anos.

Jonas otimista em ter sucesso no clube de coraçãoCarlos Moraes

"A minha meta é ganhar tudo, vestir a amarelinha e ser feliz. É um time grande, de massa, do meu coração. Quando eu estava no sofá até chorava", disse Jonas, que revelou em seguida:

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

"Eu chorei naquela disputa de pênalti que o Flamengo ganhou do Botafogo (2011)."

Jonas mostrou que não é rubro-negro da boca para fora. A cada resposta, deixava claro que sabe do que a torcida gosta.

"Sou jogador de pegada, vontade e disposição. Chuto com as duas pernas. Torcida pode ter certeza que não faltarão raça e força de vontade."

A posição, os cabelos louros e a qualidade em campo lhe renderam um apelido: Schweinsteiger do Maranhão. Jonas leva na brincadeira, mas aproveita para mais uma vez expor seu perfil de carregador de cimento, como gosta o técnico Vanderlei Luxemburgo, que aprovou a contratação do jogador:

"Futebol é folclore. Acho legal, mas tenho que mostrar em campo. Se for para comer grama, estou aí", afirmou o volante, que completou.

"Quero agradecer o elenco pelo título (em Manaus). Disseram que começamos com o pé direito, mas começamos com os dois. Esse ano com certeza será vitorioso."