Por pedro.logato

Rio - Na Gávea, o sotaque castelhano é comum. O elenco já conta com os argentinos Mugni, Canteros e o paraguaio Cáceres, agora vai contar com mais um integrante de um país vizinho. O sangue e o gingado colombiano de Pablo Armero passam a ser patrimônios do Rubro-Negro. Nesta sexta-feira, o lateral-esquerdo foi apresentado com pompa e méritos na Gávea. Ele é o primeiro reforço do clube para o Brasileirão, já que está fora do Estadual, devido ao fim da inscrição para o torneio.

"É com enorme satisfação que estamos reunidos para apresentar nosso novo craque. Jogador consagrado, de seleção colombiana e com experiência internacional. Tenho certeza que vai honrar o manto e nos dar alegrias. É um jogador de muita raça, aquilo que nossa torcida gosta. Por isso que ele vai se identificar muito com a torcida", afirmou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello.

Armero posa ao lado de Bandeira de MelloAndré Luiz Mello

Com passagem pelo Palmeiras, o jogador disputou a última Copa do Mundo, quando a Colômbia fez a melhor campanha da sua história, só parando nas quartas de final com uma derrotada para o mandante, Brasil, por 2 a 1. Na sua apresentação, o atleta falou da expectativa de atuar no Flamengo, do seu estilo de jogo e é claro, da sua famosa dança, o "Armeration".

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Recepção

Para mim, é muito importante a palavra do presidente. Me dá muito orgulho, satisfação e confiança. Muito agradecido por Deus e por Vanderlei Luxemburgo. Espero me doar ao máximo e agradar o torcedor, dando muito alegria a todos

Expectativa no Flamengo

Quando me falaram do Flamengo, tinham duas ou três opçoes de seguir na Europa, mas sei que o Flamengo tem muita história na América do Sul, muitos torcedores e muitos títulos. Para mim é uma oportunidade muito importante. Tenho muita garra e espero agradar os torcedores

Estreia

Eu treino sempre, todos os dias. Sou tranquilo. Continuei treinando com o grupo do Milan. Estarei à disposição da comissão técnica quando precisarem de mim. Vi o jogo passado. É um bom time, que quer ganhar. Isso é muito importante. Estou torcendo para que eles vençam a próxima partida

Colombiano prometeu continuar dançandoAndré Luiz Mello

Estilo de jogo

Gosto de ajudar o time. Se o professor me pedir para defender mais, eu defendo. Se for para atacar, eu ataco. Se for para fazer os dois, eu faço

"Armeration"

Gosto muito de dançar na seleção quando tem gol. Vou pensar primeiro em defender, ajudar meus companheiros. Depois, se fizer gol, todo mundo sabe que gosto de dançar. Quero dar alegrias

Maracanã

A primeira vez que joguei estava no Palmeiras. Depois pela seleção colombiana, contra o Uruguai. É uma sensação muito bonita. A torcida sempre torcendo por nós, para mim. Espero que tenha muita gente nos apoiando no estádio, que nós façamos grandes partidas. Jogar no Maracanã é um sonho

Você pode gostar