Por pedro.logato

Rio - O Flamengo começa o Campeonato Brasileiro de 2015 com o espírito completamente diferente do ano passado. Em 2014, após ser campeão carioca, a diretoria trocou Jayme de Almeida por Ney Franco e o time sofreu na zona de rebaixamento. Para o goleiro Paulo Victor, o Flamengo entra em campo para buscar o heptacampeonato.

“A briga pelo título é a nossa meta para este Brasileiro. Só de jogar no Flamengo a cobrança é esta. Claro que a nossa maior meta é a conquista de uma vaga na Libertadores, isto não podemos esconder de ninguém. Mas até que o campeonato comece iremos buscar o título”, afirmou o camisa 49.

Paulo Victor acredita em boa campanha do FlamengoCarlos Moraes

No ano passado, a melhora do rendimento rubro-negro coincidiu com a consolidação de Paulo Victor no time titular. Após a contratação de Vanderlei Luxemburgo, o goleiro ganhou confiança e o time obteve uma série de bons resultados terminando na décima colocação. O paredão rubro-negro vê o time em outro patamar neste ano.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

“O espírito é outro. Temos uma equipe muito mais competitiva hoje. O ataque fazendo a diferença, a defesa tomando poucos gols. Estamos muito mais preparados. No ano passado, os resultados não estavam se encaixando. Foi nítido. Até porque a recuperação foi com os mesmos jogadores praticamente. Temos que agradecer a chegada de Vanderlei”, lembrou.

Luxa quer jogar no Maracanã

O técnico Vanderlei Luxemburgo deixou claro que pretende jogar todas as partidas que o Fla tiver o mando do campo no Maracanã.

“Tecnicamente, quero sempre ter o privilégio de jogar em casa. Em casa neutra de repente é complicado. Eu gostaria de jogar em casa. Mas sou funcionário do clube e cumpro ordens”, explicou Luxemburgo.

Gripe tira Alecgol de treino

Dois dias antes de enfrentar o São Paulo na estreia do Campeonato Brasileiro, o Flamengo deixou de lado a parte física para fazer ajustes técnicos. Observado de perto pelo vice de futebol, Alexandre Wrobel, todo o elenco participou do treino no campo, exceto o atacante Alecsandro, vítima de uma forte gripe.

Ainda sem estarem nos 100% da forma física, Armero e Paulinho fizeram leve trabalho físico com bola. Já o atacante Nixon, que se recupera de lesão no joelho esquerdo, fez um trabalho orientado na areia.

Você pode gostar