Flamengo quer começar torneio com o pé direito

Nos pontos corridos do Brasileiro, time empatou sete, perdeu três e venceu somente duas na primeira rodada

Por O Dia

São Paulo - O Flamengo não quer mais saber de carregar saco de cimento. Muito menos falar em confusão. Os termos usados no ano passado por Vanderlei Luxemburgo para tirar o Rubro-Negro da zona de rebaixamento viraram quase proibidos no clube. Contra o São Paulo, neste domingo, às 16h, no Morumbi, o time estreia no Campeonato Brasileiro com a vaga na Libertadores como meta. Um bom começo sempre injeta ânimo. Ainda mais para quem não costuma vencer na primeira rodada da competição.

Flamengo enfrenta o São Paulo neste domingoGilvan de Souza / Flamengo

Desde que o Brasileiro começou a ser disputado em pontos corridos, em 2003, o Flamengo só estreou duas vezes com vitória. Em 2008, ganhou do Santos por 3 a 1, no Maracanã, gols de Marcinho, hoje no Vasco, Ibson e Juan. Três anos depois, Bottinelli, Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e Diego Maurício construíram a goleada por 4 a 0 sobre o Avaí, na Ressacada.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Em 12 anos, foram duas vitórias, três derrotas e sete empates. Não necessariamente, porém, um tropeço na estreia é prenúncio de uma campanha ruim no campeonato. Em 2009, ano do hexa, por exemplo, o Rubro-Negro foi derrotado por 2 a 0 pelo Cruzeiro, no Mineirão.
Vanderlei, no entanto, não costuma se apegar a estatísticas históricas. Principalmente às negativas. Prefere motivar o time de outras formas. Para atingir seu objetivo, precisa sempre se reinventar.

Se em 2014 o treinador defendia que seu time precisava ter consciência de suas limitações, este ano ele mudará o discurso. Embora continue batendo na tecla de que precisa de reforços, Vanderlei ressalta, sempre que pode, a força do grupo montado por ele.