Especulado no Flamengo, Oswaldo diz: 'Um dia desejo voltar, mas não agora'

Técnico está cotado para deixar o Palmeiras e vir para a Gávea

Por O Dia

São Paulo - Treinador do Palmeiras, Oswaldo de Oliveira não vive um momento muito bom no comando do Verdão. Vice-campeão do Paulista e com um começo irregular no Brasileirão, o treinador já é contestado no Alvinegro. Com a saída de Luxemburgo do Flamengo, o comandante passou a ser especulado na Gávea. Em entrevista coletiva, o técnico afirmou que seria um prazer retornar ao clube carioca em algum dia, mas afirmou que a sua prioridade é o Verdão.

Oswaldo de Oliveira chegou ao Palmeiras no começo de 2015Divulgação

"Quando era criança era flamenguista, muito assíduo no Maracanã. Se houver um fundo de verdade nisso, fico muito feliz. Um dia eu quero voltar ao Flamengo. Um dia, depois dessa passagem no Palmeiras e de outras passagens. Tive uma lá que não gostei. Foi a única vez que eu me demiti de um clube porque não gostei do que se passava lá. Hoje vejo um trabalho semelhante ao do Palmeiras de saúde financeira", afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Oswaldo de Oliveira dirigiu o Flamengo em 2003 e acabou deixando o clube que na ocasião brigava contra o rebaixamento. O treinador admitiu que já houve outros contatos para retornar á Gávea, que acabaram não sendo finalizados.

"É normal, acontece sempre. Há pouco tempo o Vanderlei estava indo para o São Paulo. No ano passado, eu estava no Santos quando saiu o Ney Franco e o Flamengo me procurou. Eu disse o que eu diria agora. Não faria com o Santos naquela época o que eu não faria com o Flamengo. Não faria com o Palmeiras o que não faria com o Flamengo. Estou amando meu trabalho no Palmeiras. Estou gostando muito de tudo o que temos conseguido fazer", concluiu.