Cristóvão Borges chega confiante ao Flamengo: 'Eu me sinto um privilegiado'

Treinador vai fazer a sua estreia no domingo contra o Flu

Por O Dia

Rio - A história de Cristóvão Borges está ligada a dois clubes cariocas. Revelado pelo Bahia, foi pelo Fluminense, que ele começou a ser conhecido no futebol nacional nos tempos de atleta. Depois, como treinador, ele substituiu Ricardo Gomes no comando do Vasco, levando a equipe carioca ao vice-campeonato do Brasileirão em 2011, no seu principal trabalho até hoje. Nesta quinta-feira, o comandante foi apresentado pelo maior rival dessas duas equipes, o Flamengo. Aparentando tranquilidade, Cristóvão se disse feliz pela oportunidade no Rubro-Negro da Gávea..

Cristóvão Borges foi apresentado ao lado de Rodrigo Caetano no FlamengoMárcio Mercante

"Fui bem recebido, estou muito contente, feliz, me sentindo um profissional privilegiado de ter a chance de dirigir esse grande clube. Cheguei, algumas pessoas já conheço, já trabalhei. As outras me receberam muito bem. Muito à vontade, sei o tamanho do clube. Vou procurar aproveitar muito bem essa oportunidade", afirmou o treinador.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Cristóvão Borges chega ao Flamengo em um período bem complicado. Após a eliminação precoce no Carioca, o Rubro-Negro iniciou mal o Brasileirão e já está entre os quatro últimos colocados, na zona de rebaixamento. De quebra, já sem Luxemburgo, a equipe se complicou na Copa do Brasil com o empate contra o Náutico, na última quarta-feira. O treinador mostrou confiança e afirmou que o elenco rubro-negro pode render muito mais nos próximos jogos.

Cristóvão Borges chegou ao Fla nesta quinta-feiraMárcio Mercante

"Sobre o ambiente, estamos sob pressão, porque temos consciência de que a produção da equipe não tem sido compatível com a qualidade que a equipe tem. Temos que dar a resposta. Jayme, não só dessa vez como das outras vezes, é um treinador que passou pelo clube e recentemente estava trabalhando com esse grupo. Eu tinha algumas dúvidas, pois durante esse tempo fomos adversários. Conversei com o Jayme para saber do dia a dia. Ele estava aqui, busquei informações com ele. Conheço o Flamengo como adversário, mas tenho que conhecer melhor. A situação não é a esperada e temos de trabalhar para mudar a situação. Flamengo é um time que conheço. Joguei e competi contra. O potencial da equipe é grande, não é condizente com a posição que ocupa na tabela. Acredito muito nisso, do que vi, do que senti jogando contra. Com certeza logo vamos sair dessa situação", disse.

A estreia de Cristóvão Borges pelo Flamengo vai ser exatamente contra a última equipe que dirigiu, o Fluminense. Pelo Tricolor, o treinador comandou a equipe no Brasileirão do ano passado, terminando a competição na sexta posição da tabela.