Cristóvão em hora decisiva no Mengão

Com o time afundado em 15º lugar na tabela do Brasileiro, diretoria se divide em relação ao técnico

Por O Dia

Rio - A pressão é grande sobre Cristóvão Borges, que balança no cargo após a derrota por 2 a 1 para o Figueirense, domingo, no Maracanã. Uma reunião ontem à noite entre os integrantes do Conselho Gestor do futebol do Flamengo, na Gávea, analisaria a situação do treinador, mas a tendência é que seja mantido no cargo.

Apesar da insatisfação de parte dos integrantes com o trabalho de Cristóvão, o momento não é considerado ideal para a demissão.

Cristóvão Borges está muito pressionado no FlamengoGilvan de Souza / FlaImagem

Com a apresentação de Guerrero, principal reforço do clube na temporada, programada para esta terça-feira, a dispensa de Cristóvão dividiria o foco das atenções. Entretanto, a situação do técnico é muito delicada, principalmente pela sequência ingrata, contra Internacional, no Beira-Rio, e Corinthians, no Maracanã. Novos insucessos tornarão a permanência insustentável.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Horas ante da reunião entre os membros do Conselho Gestor, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, garantiu a permanência do treinador ao participar de evento em São Paulo. “Cristóvão é o nosso técnico. Tenho total confiança no trabalho dele, agora é o momento de trabalhar para sairmos dessa situação”, disse.

Discurso idêntico teve o diretor de futebol Rodrigo Caetano na saída do Maracanã, pouco depois da derrota, mas ele não tem o mesmo poder dos membros do conselho, nem participa das reuniões.

Ontem no Ninho do Urubu, Cristóvão foi a campo e comandou o treino dos reservas, enquanto os titulares ficaram na academia. Apesar de mais uma derrota no Brasileiro, os jogadores pareciam descontraídos e brincavam.

Alan Patrick saiu em defesa do técnico, mas se enrolou ao dizer que um empate será bom na situação atual: “O grupo está fechadíssimo com ele. A pressão é no grupo todo. Se não der para ganhar, vamos tentar não perder. É importante somar pontos.”