Ederson comemora gols, elogia Cristóvão, mas lamenta derrota do Fla

Novo camisa 10 da Gávea marcou dois gols no revés por 4 a 2 do Rubro-Negro para o Palmeiras

Por O Dia

São Paulo - Não foi só de alegrias que Ederson viveu neste domingo. O atacante, que chegou como o novo camisa 10 da Gávea, marcou os dois primeiros gols, mas viu o Flamengo bobear e ceder a derrota por 4 a 2 para o Palmeiras, na Arena Allianz. Apesar do péssimo resultado, o jogador fez questão de elogiar  o técnico Cristóvão Borges pela coragem nas substituições feitas para mudar o rumo da partida.

"No intervalo tínhamos de mexer para tentar empate e virar. Conseguimos, mas futebol é assim. O Palmeiras é um grande time, a torcida apoiou do início ao fim. Nós viramos, mas não conseguimos resistir. O Cristóvão é um excelente treinador. Teve coragem de substituir para empatar e virar, mas depois não resistimos", disse Ederson. 

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Ederson comemora feito%2C mas lamenta derrota sofrida para o Palmeiras neste domingoDivulgação

Quem lamentou bastante a derrota foi Everton e Para, que até elogiaram a postura da equipe carioca no jogo, porém, deixou o Palmeiras virar quando a partida já estava dominada pelos Rubro-Negros.

"Tivemos que nos expor. Se jogar aqui dentro, e ficar atrás, vai ser surpreendido. Conseguimos a virada, mas em alguns vacilos deixamos o Palmeiras virar novamente. Agora é levantar a cabeça, porque quarta-feira tem Copa do Brasil", afirmou Pará.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

"É difícil. Empatamos e viramos, que é o mais dificil aqui dentro, mas na sequência levamos o terceiro e o quarto. Agora é trabalhar", finalizou Everton.

Com 23 pontos, o Flamengo ocupa a 13º posição na tabela do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro volta a campo na quarta-feira, quando enfrenta o Vasco, às 22h, no Maracanã, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.