Após demissão, Cristóvão Borges agradece por passagem pela Gávea

Técnico não resistiu à derrota para o Vasco na Copa do Brasil

Por O Dia

Rio - Menos de três meses e 18 jogos depois de assumir o cargo, Cristóvão Borges não é mais técnico do Flamengo. O treinador deixou o Rubro-Negro com um saldo negativo, com nove derrotas, contra um empate e oito vitórias. Após a decisão, o ex-comandante agradeceu por sua passagem pela Gávea.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

"Agradeço à diretoria, que sempre me deu um apoio incondicional para que eu colocasse em prática o meu trabalho. Houve uma integração muito grande entre todos os departamentos, com profissionais de alto nível. Agradeço, em especial, aos jogadores, pelo empenho, dedicação e entrega durante todo esse tempo. E à torcida, pelo apoio que demonstrou, lotando os estádios e deixando o clube com uma das maiores médias de público do Brasileiro", declarou.

Cristóvão deixou o comando após a derrota do Flamengo para o Vasco, por 1 a 0, na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira.

Cristóvão Borges não é mais técnico do FlamengoBruno de Lima / Agência O Dia