Paulinho fala sobre boa fase e agradece ao Flamengo: 'Acreditaram em mim'

Atacante voltou a ter uma sequência positiva na equipe rubro-negra após ano bastante conturbado por seguidas lesões

Por O Dia

Rio - Embalado por seis vitórias consecutivas no Brasileirão, o Flamengo foi a campo no Ninho do Urubu nesta terça-feira para iniciar a preparação para seu próximo compromisso. Assim como nas últimas rodadas, o Rubro-Negro poderá contar com um jogador que voltou a se destacar dentre o elenco: Paulinho. O atacante marcou dois gols nos últimos três jogos - contra Fluminense e Chapecoense -, e voltou a sentir o carinho da torcida após um momento conturbado de seguidas lesões.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

"A diretoria e a comissão técnica tiveram muita paciência comigo. Eu vinha de lesão e não estava jogando bem. Operar o joelho foi um baque pra mim. Saí daqui chorando. Acreditaram em mim, me deram confiança", disse Paulinho.

Paulinho recebeu homenagem pelos 100 jogos no FlamengoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Em setembro de 2014, o jogador rompeu o ligamento cruzado do joelho direito. Passou por uma operação e ficou afastado por seis meses. Ao voltar, Paulinho voltou a se destacar, mas logo se viu traído por dores em sua coxa direita. A falta de sequência tirou os holofotes do atacante, que caiu nas graças da torcida em 2013. O jogador agradeceu a Oswaldo de Oliveira e aos torcedores rubro-negros pelo seu retorno positivo.

"Não fiquei magoado com a torcida. A cobrança deles nos ajudou nessa arrancada. O Oswaldo é excelente treinador, só tem me ajudado, e não porque estou jogando. Conversou comigo e me levantou", avaliou o jogador, que ainda recebeu nesta terça-feira uma homenagem por seus 100 jogos pelo Flamengo, completados no último domingo.

"Este é um momento marcante. Paulinho chegou em 2013 e ninguém dava nada por ele. De lá para cá só nos deu alegrias", disse o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Para a partida contra o Coritiba, nesta quinta-feira, às 21h, no Mané Garrincha, Oswaldo terá de lidar com três ausências: Emerson Sheik, com estiramento na coxa direita, Wallace, com a mesma lesão na coxa esquerda e Paolo Guerrero, que só deve retornar ao time no fim de semana.

Apesar dos desfalques, o técnico terá opções para o ataque. Nesta terça-feira, testou Ederson e Alan Patrick, que volta de suspensão, no time titular. Além deles e de Paulinho disponíveis, Oswaldo ainda conta com Everton e Kayke, que devem seguir no time principal. Já na defesa, César Martins deve permanecer entre os titulares.

Com 41 pontos, o Flamengo ocupa a quarta colocação na tabela do Campeonato Brasileiro.