Flamengo põe fé em Guerrero para vencer o lanterna Joinville no Maracanã

Oswaldo de Oliveira aposta no peruano, há 43 dias sem marcar, para voltar a ganhar no Campeonato Brasileiro

Por O Dia

Rio - O olhar frio sobre a tabela não deixa brecha. Se o Flamengo quer uma vaga na Libertadores do ano que vem, precisa conquistar seis pontos contra o lanterna Joinville, neste domingo, às 11h, no Maracanã, e Figueirense, dia 14, no Orlando Scarpelli. Oswaldo de Oliveira aposta na recuperação de Guerrero, que não faz gol há 43 dias. Após três derrotas seguidas, além de precisar dos pontos para não se afastar do G-4, o Rubro-Negro busca sossego. O tropeço pode azedar o clima desses dez dias sem compromissos.

Oswaldo de Oliveira aposta no brilho de Guerrero contra o lanterna JoinvilleGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Joinville e Figueirense estão na zona de rebaixamento. Depois, a sequência é de confrontos na parte de cima da tabela: Internacional, Corinthians e Grêmio. O desempenho do Rubro-Negro contra os últimos colocados no Brasileiro é de 50%: venceu três - duas da Chapecoense e uma do Joinville - e perdeu outras três - duas para o Vasco e uma para o Figueirense.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Guerrero balançou a rede pela última vez no dia 23 de agosto, na vitória sobre o São Paulo. O atacante se machucou na partida seguinte, no empate com o Vasco que tirou o Flamengo da Copa do Brasil. Após seis jogos fora, recuperando-se de lesão no tornozelo direito, ele voltou ao time: perdeu para Atlético-MG e Vasco.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Durante a semana, Oswaldo tentou encontrar uma forma de não deixar Guerrero isolado na frente. Além de cobrar aproximação de Everton, Paulinho e Alan Patrick, ele quer que o time insista nas jogadas com o peruano. Quanto mais for acionado, maior será a chance de ele fazer um gol.

Pelas jogadas ensaiadas neste sábado por Oswaldo de Oliveira, é pelo alto que o treinador espera ver Guerrero voltar a brilhar. Foi a segunda semana seguida de trabalho com jogos apenas nos fins de semana. A expectativa da diretoria é de evolução no time.

César, Ayrton e Everton confirmados

Oswaldo de Oliveira mais uma vez dispensou o mistério. No treino deste sábado, o treinador expôs o time que enfrenta o Joinville. César, que havia ficado fora dos treinos durante a semana, será o substituto de Paulo Victor, suspenso. Outro fora pelo terceiro cartão amarelo é Sheik, que dará lugar a Everton. Ayrton entra na vaga de Pará, machucado.

Com o desfalque de Sheik, Paulinho ganha mais uma chance no time, mesmo com a volta de Everton. Na rodada que vem, ele e o camisa 22 devem disputar a vaga na equipe titular.