Oswaldo explica treinos fechados no Fla: 'Para não perder elemento surpresa'

Rubro-Negro se prepara para encarar o líder Corinthians

Por O Dia

Rio - Oswaldo de Oliveira segue focado no próximo confronto do Flamengo no Campeonato Brasileiro. Encarar o líder absoluto Corinthians não será uma missão fácil para o Rubro-Negro, que vem passando por uma fase conturbada na competição. Ainda assim, o técnico da Gávea tem buscado um caminho alternativo para reencontrar as vitórias e sair com os três pontos da Arena Corinthians: o fator surpresa. Apostado nos treinos fechados desde o início da semana, Oswaldo não dá pistas da equipe que entrará em campo - na manhã desta quinta-feira, apenas o treino de finalizações foi liberado à imprensa.

"(Fechar os treinos é) Algo normal para preparar a equipe, não dar publicidade e não perder o elemento surpresa, que é o principal. Temos consciência do que temos feito e o que podemos fazer, como tenho a leitura de cada time. Esses números são importante pois refletem a preparação dos dois clubes tem tido não só esse ano. Estou otimista com o Flamengo", explicou.

Apesar da ausência de Paulinho ainda não estar confirmada para a partida - o atacante apresenta dores no glúteo direito -, e do jogador ter participado das atividades desta manhã, Oswaldo deu indícios de que sua situação não permitirá a entrada em campo. No Departamento Médico, apenas Marcelo Cirino, com lesão no menisco do joelho direito, permanece em tratamento. Os demais jogadores já foram liberados para fazer trabalho físico de transição.

"Gabriel, Everton e Paulinho estão se recuperando. Paulinho ainda sente dores e, desses, é o que tem menos condições. Everton voltou a treinar e está se preparando melhor. Gabriel sofreu uma torção no tornozelo. Só vamos saber desses jogadores no sábado, portanto ainda temos dois treinos. Expectativa é de que treinem no sábado prontos", disse Oswaldo.

No confronto contra o Corinthians pelo primeiro turno do Brasileirão, o Flamengo se viu impotente e amargou uma derrota por 3 a 0 no Maracanã. A grande diferença entre as duas partidas pode estar justamente no ataque vindo do lado adversário. Paolo Guerrero e Emerson Sheik, que não puderam atuar anteriormente devido a um acordo entre os clubes, devem entrar em campo neste domingo - Sheik ainda é dúvida por conta do julgamento desta manhã, sobre o episódio em que agrediu verbalmente o árbitro do jogo contra o Vasco, na Copa do Brasil.

"Faz 19 jogos, está bem longe da realidade das duas equipes. Guerrero e Sheik não jogaram aquela partida e estou otimista de vão estar juntos no domingo. São componentes a serem levados em consideração. Mas tudo pode ser irrelevante pelo que acontece nos 90 minutos. Essas coisas diferentes acontecem, e isso é que vamos buscar", concluiu Oswaldo.

Flamengo e Corinthians se enfrentam no domingo, às 17h, na Arena Corinthians. O Rubro-Negro tem 44 pontos e é o décimo colocado na tabela do Brasileirão.