Oswaldo de Oliveira rebate desânimo e frustração no Flamengo

Técnico olha para as possibilidades do Fla no Brasileirão

Por O Dia

Rio - Oswaldo de Oliveira não joga a toalha no Flamengo e trata de afastar um possível desânimo pelo momento do time, que amargou a terceira derrota seguida no Brasileiro. A ordem é lutar até o fim por uma vaga no G-4.

Oswaldo de Oliveira não joga a toalha e avisa que o Flamengo vai lutar pelo G-4 até o fimDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

"Não gera desânimo, muito pelo contrário. Apesar desses números e mesmo sendo contra o Corinthians aqui, o Flamengo não foi dominado, não se entregou. Não existe situação de desânimo. Existe situação de olharmos o que podemos fazer e continuar lutando por isso", declarou o técnico.

O técnico também rebateu uma possível frustração com a fase do Flamengo. Após a série de seis vitórias consecutivas, o Rubro-Negro caiu de produção e amargou seis derrotas em sete jogos no Brasileiro.

"Não vou me frustrar de nenhuma maneira. Vamos continuar lutando por isso. Vamos jogar 18 pontos. Se me perguntar dia 6 de dezembro, pode ser que me sinta frustrado, mas com a forma que o Flamengo jogou hoje (domingo) com um a menos não me sinto frustrado", analisa.

O Flamengo estacionou na décima colocação do Brasileiro, com 44 pontos, seis a menos do que o Santos, quarto lugar. O Rubro-Negro tem 2% de chances de G-4, de acordo com o matemático Tristão Garcia. O Fla volta a campo no domingo e enfrenta o Grêmio, às 17h, na Arena Grêmio.