Guerrero? Kayke 'dribla' assunto 'chato' e passa a bola para Oswaldo de Oliveira

'Não estou aqui para analisar, pois fico em uma situação constrangedora', declara o atacante do Flamengo

Por O Dia

Rio - A comparação com Guerrero é inevitável. Os números de Kayke no Flamengo são melhores (ele tem mais gols do que o companheiro). Porém, a insistência no tema tem incomodado o centroavante. Nesta quarta-feira, em coletiva no Ninho do Urubu, Kayke foi novamente "bombardeado" com perguntas sobre o atacante peruano.

Kayke tem seis gols no BrasileirãoMárcio Mercante

"Estou aqui para ajudar o Flamengo, não para ficar opinando, chega a ser chato, pois toda vez que venho tenho que falar sobre o Guerrero. Sou companheiro de equipe dele e não estou aqui para analisar, pois fico em uma situação constrangedora. Venho fazendo minha parte, fazendo meus gols e quero dar continuidade nisso", declarou Kayke.

O atacante já se colocou à disposição para jogar ao lado de Guerrero no ataque do Flamengo. A bola está com o técnico Oswaldo de Oliveira.

"A parte tática ele comanda e ficaria feliz de jogar ao lado dele, seria a primeira vez, e, se isso acontecer, vou buscar meu papel. Vamos ver como isso vai se encaixar, mas temos de ver se o Oswaldo vai optar por isso", afirmou.