Ederson diz que precisa de progressão e Ayrton sonha com a Libertadores

Meia participa de 20 minutos do amistoso contra o Orlando

Por fabio.klotz

Rio - O amistoso com o Orlando City, em comemoração aos 120 anos do Flamengo, marcou o retorno de Ederson. O meia não atuava desde setembro, em virtude de uma contusão no joelho direito. O camisa 10 entrou aos 25 minutos do segundo tempo. É o começo de um processo para poder ajudar o Rubro-Negro nos quatro últimos jogos pelo Brasileiro.

Ederson não jogava desde setembroErnesto Carriço / Agência O Dia

"Preciso ter uma progressão. Claro que foram só 20 minutos, mas foi bom para começar, voltar a jogar. Tenho de trabalhar firmemente para ganhar condição de jogo para ajudar o time até o fim do campeonato", declarou Ederson à Rádio Globo.

O Flamengo afasta o clima de férias e foca em uma possível vaga na Libertadores. A esperança é vencer os últimos jogos e torcer para o G-4 virar G-5. A distância rubro-negra para o quarto colocado atualmente é de sete pontos.

"Jogo festivo, 120 anos, grande tradição desse clube, mas agora é focar no Brasileiro, procurar vencer, terminar numa posição digna, onde o clube merece. Na verdade merecia terminar brigando pelo título, mas o ano foi complicado, e vamos tentar terminar da melhor forma possível. Temos de esquecer 2016, pensar em 2015 ainda. Quem sabe chegar ali perto do G-4, possível G-5, temos de fazer os pontos e quem sabe conseguir uma vaguinha na Libertadores", afirmou Ayrton ao SporTV.