Flamengo dá adeus ao ano velho e planeja um feliz 2016

Dirigente quer fim de Brasileiro digno e projeta futuro vitorioso

Por O Dia

Rio - O Flamengo dá adeus precocemente ao ano velho, com a promessa de que o novo será bem melhor. É o que garante o vice de futebol, Gérson Biscotto. Sem chance de se classificar para a Libertadores, o time, segundo o dirigente, tem, nestas duas últimas rodadas, a missão de buscar uma colocação, no Campeonato Brasileiro, mais condizente com a grandeza do clube do que o atual 11º lugar. Para ele, ser o melhor do Rio em nível nacional não serve de prêmio de consolação.

Flamengo já começa a planejar o próximo anoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

“O principal é buscar os resultados para termos a posição melhor possível. O foco é tentarmos uma posição mais honrosa. Não é consolo ficar na frente dos outros (cariocas). O Flamengo é muito grande, tem que pensar em titulo e G-4. Tenho certeza de que no ano que vem vai acontecer”, disse.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

De acordo com Biscotto, o planejamento para 2016 ainda não sofreu qualquer mudança, mesmo com a principal competição sul-americana fora de seu calendário. Tudo depende, porém, do resultado nas urnas:

“O que a gente vinha fazendo está praticamente bem planejado. Faltam algumas coisas e esperar a eleição para poder tocar para frente. Ou para quem vier ver se quer aproveitar. Já não é problema nosso.”

A diretoria mapeia o mercado em busca de reforços para 2016. A continuidade de Oswaldo de Oliveira no comando da equipe também não está garantida. A exemplo do treinador, outros jogadores, como Emerson Sheik, dependem de renovar o contrato para permanecer no clube. Nomes como William Arão e Yago Pikachu estão nos planos.