Zagueiro do Fla na torcida pelo Vasco

César Martins não quer que o rival seja rebaixado à Série B

Por O Dia

Rio - César Martins não engrossará a corrente para secar o Vasco, que busca um milagre para permanecer na Série A. O zagueiro, no entanto, mostrou habilidade e, ao mesmo tempo, provocou o arquirrival. Assim, mantém a diplomacia sem desagradar a torcida rubro-negra. O time de São Januário recebe o Santos neste domingo e, se perder e Avaí e Coritiba pontuarem, a equipe estará matematicamente rebaixada antes da última rodada do Brasileiro.

César Martins usa diplomacia para falar sobre a situação do VascoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

“É um momento muito difícil. Eu já vivi com a Ponte Preta. Muito delicado. Particularmente, acho que (o Vasco) não cai. Gostaria que ele permanecesse na Primeira Divisão. Tem que ter os quatro grandes (do Rio) na Primeira Divisão. Prefiro que eles continuem para que, no ano que vem, possamos ganhar deles”, afirmou, nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu, fazendo alusão ao ano de 2013, quando a Ponte foi rebaixada, mas chegou à decisão da Sul-Americana com Jorginho, hoje técnico do Vasco, no comando.

Apesar do desejo de enfrentar o Vasco na Série A do ano que vem, César Martins ainda não sabe se disputará a edição de 2016, já que o empréstimo do Benfica se encerra em 30 de junho.

“Para mim, é um pouco complicado. Agora que comecei a pensar nisso. Às vezes, posso estar fazendo um campeonato bom e, no meio do ano, ter que voltar para o Benfica. Você já fez a pré-temporada e está no ritmo de jogo, e eles lá não, ainda farão a pré-temporada”, disse o zagueiro.