Wallim reitera acerto com Sampaoli e explica negativa: 'Contrato com o Chile'

Treinador argentino estaria acertado para assumir o Flamengo em caso de vitória da Chapa Verde nas eleições do dia 7

Por O Dia

Rio - Em pronunciamento oficial, a Chapa Verde, voltou a afirmar que acertou com o treinador Jorge Sampaoli para a próxima temporada e que o argentino será o comandante do Flamengo em caso de vitória de Wallim Vasconcellos na eleição presidencial do Rubro-Negro. O atual comandante da seleção chilena negou qualquer conversa com o clube carioca. Porém, segundo o candidato a mandatário do Flamengo, o argentino ainda não pode divulgar o seu acerto com o clube da Gávea porque ainda não existe contrato com o Rubro-Negro e isso poderia manchar a sua reputação com a Confederação do Chile.

Wallim reforçou a versão de acerto com SampaoliDivulgação

"Ele está sob contrato, obviamente só pode confirmar após o dia 8. Ele está negando. É óbvio, está sob contrato. Estamos falando de 14 de setembro. Vi que não saiu em nenhuma coluna de jornal. Ninguém vaza informação do nosso grupo", afirmou Wallim, que criticou supostas ironias que as chapas rivais teriam feito, após a informação ter sido negada por Sampaoli.

Presente no pronunciamente, o ex-jogador Gelson Baresi criticou o treinador, que negou que o brasileiro seja representante dos seus interesses no Brasil.

"Sampaoli foi mal nessa entrevista. Ele quis fugir do assunto, mas fugiu de uma maneira ruim. Nós não somos mentirosos. Eu tenho encontro com ele desde 2011, mas com certeza agora, quando acabar essa coisa da federação, ele vai se retratar em algumas condições", afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

"Não é jogada política, nenhum desses daqui vai querer afetar reputação ou credibilidade. Me espanta muito que a outra chapa estão vibrando por potencialmente ser mentira. Deveriam estar comemorando, porque é um excelente treinador. Estamos até livrando até o Muricy se a gente ganhar, porque pergunta para Oswaldo e Cristóvão o que eles sofreram com esse pessoal que está lá", disse.

Segundo Wallim Vasconcellos, o argentino já está ciente do planejamento rubro-negro tendo inclusive estuado o elenco atual do Flamengo, inclusive os jogadores da base do clube.

Segundo Wallim, Sampaoli negou acordo devido ao contrato com o ChileEfe

"Chegamos lá, e ele já tinha estudado todo o time do Flamengo e a base do Flamengo. Já tinha apontado cinco jogadores. É outro nível. Só pela possibilidade de ter o contato com a gente já tinha estudado todo elenco profissional e o da base. Isso mostra o quão avançado é o modo de ver futebol dele. Já mostrava algumas jogadas", disse Wallim, que se complicou ao ser perguntado quais jogadores seriam.

"Destacou cinco jogadores da base, mas para te falar a verdade não me lembro o nome. Tinha o Jajá, acho, e um zagueiro que não me lembro o nome também", contou.

Perguntado se o acerto com o Flamengo poderia ser um retrocesso na carreira do treinador, que foi campeão da Copa América, Wallim Vasconcellos afirmou que a responsabilidade de dirigir o clube carioca é maior que a de comandar a seleção chilena.

"Ele está mudando de uma nação para um nação muito maior. É um upgrade na carreira. Meu concorrente não cumpriu um monte de acordo. Acredito que ele não vai querer queimar o filme dele. Acordo para ser quebrado tem que ocorrer dos dois lados. Não acredito que um cara com a reputação dele faça isso", concluiu.

Segundo Wallim, o contrato de Sampaoli será de três anos e Fábio Luciano está muito próximo de um acerto para participar da futura comissão técnica que será comandada pelo argentino.