Fla sonha alto e quer o argentino Lavezzi

Atacante, que está na reserva do PSG, custa caro, mas ajudaria a aumentar receitas do Rubro-Negro

Por O Dia

Rio - Acertado com contratações de pouco impacto até o momento, o Flamengo tenta trazer um grande nome para 2016 e já se movimenta. A prioridade é um meia, mas a dificuldade para encontrá-lo é grande. Enquanto segue na busca, a diretoria olha para outras frentes e mostrou interesse no atacante argentino Ezequiel Lavezzi, na reserva do Paris Saint-Germain, e disposto a sair.

Lavezzi disputou a última Copa do Mundo pela ArgentinaMurillo Constantino

Com contrato com o PSG até o meio do próximo ano, o argentino ainda tem mercado na Europa — estaria esperando uma proposta da Juventus —, mas o Rubro-Negro está na espera, contando que o Lavezzi não feche com ninguém e aceite reduzir seu salário para abrir uma negociação.

MAIS CONTRATAÇÕES

Trazer um grande nome para 2016 é visto pela diretoria como a oportunidade de aumentar o número de sócios-torcedores e, consequentemente, as receitas. E, com a expectativa de ter finanças melhores, o clube poderá investir mais. Ainda assim, os dirigentes não pretendem fazer loucuras.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Certo é que a reformulação no elenco rubro-negro será grande. Por enquanto, Juan e Rodinei foram anunciados na última sexta-feira, e Willian Arão e Chiquinho devem ser confirmados no pacote de contratações nos próximos dias. Meias e mais um zagueiro são a prioridade, mas o Flamengo segue de olho no mercado em outros setores e a promessa é de mais novidades em breve.

O chileno Marcelo Diaz, do Hamburgo, interessa, mas os valores são altos. Além disso, o Universidad de Chile promete chegar forte para repatriar o volante. Por hora, está fora de cogitação, mas o Rubro-Negro continua de olho, esperando por uma oportunidade para investir.