Fla bate o Minas e se recupera no NBB

Marcelinho é o cestinha do jogo; Agora, Rubro-Negro fará o clássico com o Brasília, quinta-feira, na casa do rival

Por O Dia

Minas Gerais - O Flamengo se recuperou no Novo Basquete Brasil e voltou a vencer no torneio. Após a inesperada derrota para o Pinheiros, na Gávea, o Rubro-Negro reencontrou o caminho da vitória em Belo Horizonte, onde bateu o Minas por 81 a 74, nesta terça-feira. Agora, o tetracampeão do NBB tem sete vitórias em dez jogos e continua no G-4 do torneio.


Rafael Mineiro disputa bola com Ansaloni%3A Flamengo levou a melhorOrlando Bento / Divulgação

O cestinha do jogo e do Flamengo foi o ala Marcelinho Machado, autor de 18 pontos. Outros quatro rubro-negros alcançaram dois dígitos na pontuação: JP Batista e Olivinha marcaram 11 cada e Marquinhos e Robinson anotaram dez pontos cada.


Pelo Minas, Shilton, ex-Flamengo, foi o destaque. O pivô marcou 17 pontos e teve 100% de aproveitamento nos arremessos. Coelho e Sosa marcaram 13 pontos cada. Os mineiros amargaram a sexta derrota em 11 jogos no NBB.


O Rubro-Negro volta à quadra na quinta-feira e fará o clássico com o Brasília, às 21h, no Nilson Nelson. O Minas entra em quadra no mesmo dia, às 19h30, e recebe o Macaé.


O jogo


O Flamengo oscilou ofensivamente no primeiro quarto. A bola teimava em não entrar. O desempenho não era dos melhores. Porém, na reta final da parcial, já depois que José Neto começou a rodar o elenco, o Rubro-Negro acertou a mão e conseguiu vencer por 17 a 13.


O ataque rubro-negro deslanchou no segundo quarto, com Marcelinho e Olivinha. A dupla fez a diferença. O Flamengo abriu 11 pontos de frente (34 a 23) e obrigou o Minas a parar o jogo. Os donos da casa viram a desvantagem aumentar, mas conseguiram reagir e engataram uma sequência de pontos, reduzindo para oito (39 a 31) a diferença no placar. Foi a vez de José Neto pedir tempo. O Fla retomou o controle do jogo e foi para o intervalo vencendo por dez pontos (43 a 33).


Coelho bem que tentou, mas não conseguiu fazer o Minas encostar no placar no início do terceiro quarto. O Flamengo, com Robinson, Meyinsse e, depois, JP Batista, ampliou a vantagem para 15 pontos (59 a 44). O clube mineiro parou o jogo. Não adiantou muita coisa. O Rubro-Negro foi para o último quarto com 15 pontos de frente (65 a 50).


O Minas foi para o tudo ou nada no quarto período e começou a parcial com uma corrida de 6 a 0. Gegê respondeu com cinco pontos seguidos para o Flamengo, que tratou de cortar a reação rival. Os donos da casa ainda esboçaram um último suspiro na reta final, mas não evitaram a derrota.