Por fabio.klotz

Rio - O esboço do Flamengo para 2016 é de um time ofensivo. É assim que Muricy Ramalho tem treinado o time, com liberdade para os volantes se lançarem ao ataque. A versão rubro-negra para a temporada tem agradado.

Muricy Ramalho tem esboçado um Flamengo ofensivoJoão Laet / Agência O Dia

"O objetivo é fazer muitos gols. Uma equipe vencedora tem de fazer gols. O Flamengo, pela sua grandeza, tem de jogar para a frente. Claro que com a defesa compactada, mas chegando com uns quatro cinco no ataque é bom", analisou Gabriel.

Nos treinos, Muricy tem dado liberdade a Willian Arão para subir ao ataque. O volante tem funcionado como uma espécie de motor do time e ajudado o quarteto de frente, composto por Alan Patrick, Gabriel, Emerson Sheik e Guerrero. Além disso, Rodinei e Jorge são sempre acionados pelas laterais.

O Flamengo vai testar sua versão ofensiva na quinta-feira, contra o Ceará, às 21h30, no Castelão, pela Taça Asa Branca.

"Estávamos só treinando, mas jogador gosta de jogar. Se ganhar, começa com confiança grande, jogada sai melhor. São cinco jogos importantes para a sequência do ano e temos que pensar em vencer todos", avisa Gabriel.

Você pode gostar