Por pedro.logato

Ceará - Se vale taça tem emoção. Flamengo e Ceará abriram a temporada pela Taça Asa Branca, torneio disputado entre o campeão da Copa do Nordeste, no caso o Vozão, e um clube grande do Sul-Sudeste, neste ano o Rubro-Negro. Depois de um empate no tempo normal por 3 a 3, os cearenses levaram a melhor nas penalidade e conquistaram o título no Castelão.

No domingo, o Flamengo volta aos gramados contra o Santa Cruz, no Arruda, em jogo amistoso. O Rubro-Negro faz a sua estreia na Primeira Liga na próxima quarta-feira contra o Atlético-MG, no Mineirão. Pelo Estadual, os cariocas fazem o seu primeiro jogo no dia 30 de janeiro contra o Boavista, em Edson Passos.

Ceará levou a melhor contra o FlamengoGilvan de Souza / FlaImagem

O JOGO

O primeiro tempo do Flamengo contra o Ceará foi disputado em 2016, mas o rubro-negro mais desatento poderia achar que estava vendo um flashback dos jogos do ano passado. Com um meio-campo com dificuldade na armação e com uma marcação bastante frouxa, os cariocas não conseguiam impor o jogo sobre o Ceará.

FOTOGALERIA: Nos pênaltis, Flamengo perde para o Ceará no Castelão

O início da partida foi um pouco lento e os cariocas chegaram a ter as primeiras chances em jogada de bola parada. Porém, quando forçou um pouco mais e marcou adiantado, o Ceará causou perigo. Aos 22 minutos, Wallace saiu jogando errado, Alex Amado recuperou, avançou e chutou para boa defesa de Paulo Victor.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Quatro minutos depois, a defesa rubro-negra deu mole e dessa vez o Vozão balançou a rede. Biteco abriu bem no meio para Siloé. O atacante se enrolou com a bola, mas passou por Willian Arão e Wallace, antes de finalizar para o fundo das redes do goleiro Paulo Victor.

Muricy Ramalho fez a sua estreia pelo FlaGilvan de Souza / FlaImagem

Antes do intervalo, os donos da casa quase fizeram mais um. Alex Amado escapou pela esquerda e cruzou na medida para Siloé. O jogador alvinegro só não ampliou, porque a bola acabou tocando na parte externa do pé, indo para o lado. O Flamengo só voltou a criar uma chance bem no finzinho. Depois de boa jogada bela esquerda, Guerreiro se antecipou a marcação e cabeceou, porém, o goleiro Éverson foi bem, evitando maior perigo.

Aos 13 minutos, o Flamengo diminiu. Mancuello lançou Emerson Sheik. O atacante recebeu em boas condições, driblou o goleiro Douglas Dias e finalizou para o fundo das redes dos rivais.

Tanto Flamengo quanto Ceará voltaram para o segundo tempo com muitas mexidas. Porém, o panorâma começou da mesma forma e os donos da casa ampliaram o marcador com apenas quatro minutos. Assisinho dominou pela direita e bateu cruzado. Bill apareceu para concluir para o fundo das redes.

O segundo tempo seguiu corrido. Aos 37 minutos, o Flamengo conseguiu o empate. Após passe de Alan Patrick, Sheik bateu cruzado, a bola tocou em Salazar, antes de morrer no fundo das redes do Ceará. E ainda houve tempo para a virada do Flamengo. Marcelo Cirino de o dele.

Só que não houve nem tempo para os rubro-negros comemorarem. Um minuto depois, Bill recebeu e deixou Serginho de cara para o gol. O jogador do Ceará bateu bem e deixou tudo igual novamente. Depois disso, o placar não foi mais alterado e a disputa foi para as penalidades.

Torcida do Flamengo marcou presença no CastelãoGilvan de Souza / FlaImagem

Penalidades

?Emerson Sheik abriu a série de pênaltis colocando o Flamengo em vantagem. Pelo Ceará, Bill foi para a bola e deixou tudo igual no Castelão. Alan Patrick foi o segundo e converteu para o Rubro-Negro. Serginho bateu no canto direito, sem chances de defesa para Paulo Victor. Wallace foi o terceiro a cobrar e bateu para defesa de Douglas Dias.Richardson cobrou e colocou o Ceará na frente. Marcelo Cirino foi para cobrança e deixou o Rubro-Negro vivo na disputa. Roni fez o quarto gol dos donos da casa e deixou a responsabilidade no pé de Guerrero. O peruano cobrou e a bola bateu na trave, dando o título aos cearenses.

Você pode gostar