Flamengo sai na frente, mas perde para o Santa Cruz na Taça Chico Science

Clube carioca acabou derrotado em confronto no Arruda

Por O Dia

Pernambuco - Nem em Fortaleza, nem no Recife, nem no baião, nem no rock. Depois de perder a Taça Asa Branca nos pênaltis para o Ceará, neste domingo, o Flamengo foi derrotado pelo Santa Cruz, no Arruda, e ficou sem a Taça Chico Science. Os cariocas saíram na frente, mas foram derrotados por 3 a 1 pelos pernambucanos em confronto disputado às 11 horas da manhã, em Pernambuco (Meio-dia no horário de Brasília).

O Flamengo retorna aos gramados na próxima quarta-feira, contra o Atlético-MG, pela Primeira Liga. Três dias depois, estreia no Estadual contra o Boavista. Já o Santa Cruz entra em campo no dia primeiro de fevereiro, para encarar o Náutico, no Pernambucano.

Flamengo foi derrotado pelo Santa Cruz no RecifeGilvan de Souza / FlaImagem

O JOGO

Ao contrário do duelo contra o Ceará, o Flamengo começou muito ligado contra o Santa Cruz. Após manter a posse de bola, os cariocas fizeram o primeiro gol aos 22 minutos. Guerrero lançou William Arão, que bateu, Tiago Cardoso deu rebote e o volante chutou pela segunda vez para marcar. 

FOTOGALERIA: Flamengo foi derrotado pelo Santa Cruz no Arruda

Na frente, a equipe visitante diminuiu o ritmo e sofreu o empate aos 44 minutos. Grafite foi empurrado por Juan dentro da área, pênalti. Na cobrança, o atacante brasileiro na Copa de 2010 converteu e deixou tudo igual no Arruda.

Willian Arão fez o único gol do Flamengo na partidaGilvan de Souza / FlaImagem

No segundo tempo, o Flamengo mudou toda a equipe, menos o goleiro Muralha. O Santa voltou com seis mudanças, no intervalo, mas depois trocou todos também. As mexidas diminuíram o nível do jogo, mas favoreceram os donos da casa.

João Paulo virou logo no começo da segunda etapa. Aos sete, num contra-ataque, Keno chutou na trave, e no rebote, o jogador apanhou a sobra, sem marcação e virou o placar.

O Flamengo, em desvantagem, buscou o empate, mas sem muita força. No fim da partida, Artur ainda aproveitou a falha de Muralha para fechar a vitória dos pernambucanos.

FICHA TÉCNICA:
?SANTA CRUZ 3 X 1 FLAMENGO

Local: Arruda, Recife (PE)
Data/Horário: 24/1/2016, às 12h (de Brasília)
Árbitro: Gilberto Castro Junior (PE)
Cartões amarelos: Danny Moraes, Lelê e Canteros (Santa Cruz); Emerson e Canteros (Flamengo)
Gols: 22'/1°T Arão (0-1); 43'/1°T Grafite (1-1); 7'/2°T João Paulo (2-1); Arhur, 46'/2°T (3-1)

Santa Cruz: Thiago Cardoso (Edson Kölln, 13'/2°T), Vitor (Lucas Ramon, intervalo), Alemão (Néris, 13'/2°T), Danny Moraes (Everton Sena, 13'/2°T) e Allan Vieira (Thiago Costa, intervalo); Wellington César (Dedé, 23'/2°T), Daniel Costa (Renatinho, intervalo), João Paulo (Lucas Gomes, 31'/2°T) e Lelê (Wallyson, intervalo); Raniel (Arthur, intervalo) e Grafite (Keno, intervalo). Técnico: Marcelo Martelotte.

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei (Pará, intervalo), Wallace (César Martins, intervalo), Juan (Antonio Carlos, intervalo) e Jorge (Chiquinho, intervalo); Márcio Araújo (Jonas, intervalo); Arão (Jajá, intervalo; Thiago Santos, 25'/2°T), Everton (Canteros, intervalo), Gabriel (Alan Patrick, intervalo) e Emerson (Mancuello, intervalo); Guerrero (Douglas Baggio, intervalo). Técnico: Muricy Ramalho.