Por fabio.klotz

São Paulo - A festa foi carioca no aniversário da cidade de São Paulo. O Flamengo superou o Corinthians nos pênaltis por 4 a 3, após 2 a 2 no tempo normal, e faturou o título da Copa São Paulo de Futebol Jr, nesta segunda-feira, no Pacaembu. É o terceiro título rubro-negro na Copinha (os outros foram em 1990 e 2011). Da Gávea, o elenco principal acompanhou a decisão e vibrou a cada pênalti convertido pela garotada.

Flamengo é tricampeão da CopinhaTaba Benedicto / Parceiro / Agência O Dia

A geração rubro-negra mostrou personalidade ao longo da Copinha e, sobretudo, na final. O time viu o rival abrir 2 a 0 e buscou o placar. E ainda foi prejudicado pela arbitragem, que anulou um gol erradamente.

A geração rubro-negra pede passagem e mostra que pode ser útil no futuro. O goleiro Thiago, os volantes Ronaldo e Trindade, o meia Lucas Paquetá e o atacante Felipe Vizeu foram destaques na campanha invicta.

O Flamengo não se intimidou e buscou o jogo, sendo superior no início do duelo. Cafu deu o cartão de visitas e obrigou Filipe a salvar o Corinthians. O Rubro-Negro, porém, não aproveitou o momento. O clube paulista deu o bote. Na primeira oportunidade, abriu o placar. Gabriel Vasconcelos recebeu na área, protegeu, girou e bateu no canto. Thiago encostou na bola, mas não evitou o gol.

O Rubro-Negro sentiu. O Corinthians, então, ampliou. Em contra-ataque, Matheus Pereira recebeu e chutou com força: 2 a 0. O Flamengo voltou a equilibrar as ações e buscou diminuir o placar. Porém, a pontaria estava descalibrada no primeiro tempo. Felipe Vizeu mandou para fora. Trindade parou em Filipe.

O Flamengo voltou com tudo para o segundo tempo. No primeiro minuto, em cobrança de escanteio, Lucas Paquetá marcou. Porém, a arbitragem marcou, erradamente, impedimento e anulou o lance.

A jogada aérea funcionou de novo dois minutos depois. Em novo escanteio, Trindade surgiu livre e fez 2 a 1. O Corinthians respondeu com Gabriel Vasconcelos, que desta vez parou em Thiago. Um minuto depois, o empate rubro-negro. Cafu desceu em contra-ataque e lançou Matheus Sávio. O meia bateu cruzado e deixou tudo igual: 2 a 2.

O jogo caiu de ritmo. A tensão tomou conta do Pacaembu. O Flamengo buscava o contra-ataque. Thiago salvou o Rubro-Negro. O clube carioca até buscou a virada, mas pecou no último passe. A decisão foi para os pênaltis.

Nas penalidades, Maycon abriu o placar para o Corinthians. Thiago Ennes deixou tudo igual. Guilherme e Dwhuan também marcaram para o clube paulista, assim como Ronaldo para o Fla. Porém, Kleber parou em Filipe. O Timão estava em vantagem.

Matheus Pereira tentou cavadinha e perdeu a primeira cobrança paulista. Lucas Paquetá empatou para o Flamengo. Gabriel Vasconcelos parou em Thiago. O Fla teve a oportunidade de vencer, mas o goleiro rubro-negro perdeu sua cobrança.

Na série alternada, Thiago defendeu o chute de Claudinho. Nova chance para o Flamengo ser campeão. Patrick não despediçou. O Rubro-Negro faturou a Copinha.

Você pode gostar