'Estamos no caminho, mas ainda é cedo para se empolgar', diz Muricy Ramalho

Técnico destaca evolução do Flamengo, mas freia o oba-oba

Por O Dia

Rio - Muricy Ramalho se divide entre a confiança e a cautela. Na visão do técnico, a primeira vitória à frente do Flamengo, sobre o Atlético-MG, nesta quarta-feira, pela Copa Sul-Minas-Rio, mostra que o trabalho está evoluindo. Porém, nada de oba-oba.

Muricy Ramalho não quer saber de oba-oba no FlamengoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Estamos ajustando o time. Ainda temos dificuldades e jogamos contra um dos melhores times do país. Pouco a pouco vamos ajeitando o time, dando sequência. Fizemos dois amistosos com dois tempos razoáveis, ainda devendo na parte física, o que é natural no início do ano. Sei que o pessoal não tem paciência, mas estamos fazendo nosso melhor. Ainda há erros, mas hoje foi bom para dar confiança, porque era um jogo difícil, contra um time muito forte. Suportamos o primeiro tempo e no segundo melhoramos os passes. Estamos no caminho, mas ainda é cedo para se empolgar. Um bom jogo só, principalmente no segundo tempo", analisou o técnico.

Nos dois amistosos disputados no Nordeste, o Flamengo levou seis gols, algo que gerou críticas à defesa. No primeiro jogo sem ser vazado, Muricy aproveitou para sair em defesa do setor.

"O setor defensivo é o time todo. Às vezes falam só dos setores. Quando acontecem os gols, a defesa é que vai mal. É o time que defende mal, a defesa começa na frente. Estamos no começo ainda, não temos um mês de trabalho, mas hoje balanceamos bem. No primeiro tempo demos espaços, as linhas têm de estar mais juntas. Os laterais estão indo certo. Aos poucos os jogadores vão entendendo", encerrou.