Ederson ensaia a volta aos campos

Lesionado desde o ano passado, meia mostra boa movimentação em treino e anima comissão técnica

Por O Dia

Rio - Ederson está perto do retorno. Em sete meses de Flamengo, o meia jogou apenas 11 partidas, uma delas amistosa, contra o Orlando City. Mas ontem, na Gávea, o camisa 10 participou do jogo-treino contra o time de juniores. A boa movimentação do jogador deixou a comissão técnica otimista.

A estreia de Ederson, em 12 de agosto do ano passado, aconteceu cerca de 20 dias após a sua chegada. E o início foi avassalador. Marcou três gols nos primeiros quatro jogos. Mas os problemas físicos, no entanto, começaram a tirá-lo de ação.

Ederson recebe atenção especial para brilhar pelo Flamengo na temporadaGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Suas participações se tornaram esporádicas, até que, no final de setembro, sofreu uma lesão no joelho direito. Depois disso, entrou em campo apenas duas vezes, em novembro. Este ano, desde a pré-temporada, Ederson tem uma programação de treinos diferenciada para recuperar o equilíbrio muscular.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

“Sensacional (o retorno dele), pela pessoa que é. Excelente companheiro, todos estavam torcendo pela volta dele. Pessoa pura e tem tudo para render muito bem e ajudar o Flamengo”, disse Gabriel, que emendou:

“É difícil ficar parado por muito tempo. Ele teve lesões seguidas, isso atrapalha muito o jogador. Acho que está com a cabeça boa, musculatura forte e bem fisicamente. Acho que ele tem tudo para desempenhar um bom papel.”

Para Gabriel, além do potencial técnico, Ederson tem seu senso tático enriquecido pela experiência na Europa. A parte psicológica não parece uma preocupação: “Jogador quer jogar, e ele estava impossibilitado. Sente-se uma tristeza, que é normal. Mas ele nunca deixou de trabalhar e agora foi presenteado com essa volta.”