Muricy critica postura do Flamengo no segundo tempo: 'Não jogamos nada'

Rubro-Negro foi surpreendido pelo Confiança e foi derrotado nesta quarta-feira, na estreia na Copa do Brasil, por 1 a 0

Por O Dia

Sergipe - Não deu para esconder a decepção. O Flamengo foi a Sergipe encarar o Confiança como favorito e voltou para casa com uma derrota inesperada na bagagem. Sem muitas explicações, Muricy Ramalho resumiu o revés rubro-negro e parabenizou o adversário, que venceu por 1 a 0, com gol no fim da partida.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

"No primeiro tempo tivemos oportunidades, mas não fizemos o gol. Era para matar o adversário, não podia dar chance. Mas não fizemos, eles se arrumaram e cresceram no jogo. No segundo tempo não jogamos nada. A gente não pode reclamar não. Ficamos sem saída de bola. Tem que dar os parabéns ao Confiança. Derrota inesperada", disse o técnico, que completou:

Muricy Ramalho falou sobre atuação do Flamengo contra o ConfiançaGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"O conjunto do Confiança foi bem. Marcaram bem mesmo perdendo jogador cedo. Eles suportaram muito bem."

O rendimento da equipe rubro-negra foi muito abaixo do esperado. Com um jogador a mais durante a maior parte do jogo, o Flamengo não conseguiu se impor e ser efetivo, contrariando as últimas partidas da equipe.

"Estávamos jogando bem nos últimos jogos, criamos bastante nas últimas partidas e até no primeiro tempo tivemos chances na área do adversário. Mas no geral não jogamos bem, principalmente no segundo tempo. Não foi só o meio de campo, foi o time todo. Não é parte do time que não foi bem, é um todo", explicou Muricy.

Sem muito tempo para lamentar a derrota, o Flamengo já começa a pensar no Fluminense, que encara no domingo, às 16h, no Pacaembu, pela Taça Guanabara.