Flamengo deve ir com time misto contra o Volta Redonda

Muricy Ramalho faz mistério, mas deve poupar jogadores

Por O Dia

Rio - O Flamengo ainda tenta reparar os danos causados pela eliminação na Primeira Liga. Mas a combinação entre o baque psicológico e a maratona de viagens provocou estragos difíceis de reparar. Por isso, contra o Volta Redonda, às 18h30, no Raulino de Oliveira, o técnico Muricy Ramalho deve escalar time misto. Os rubro-negros estão em terceiro lugar na Taça Guanabara, com quatro pontos em duas rodadas.

Dos 15 jogos oficiais que o Flamengo disputou em 2016, apenas dois foram realizados na cidade do Rio: contra Boavista e Vasco, em Edson Passos e São Januário, respectivamente. Além disso, o time fez dois amistosos no Nordeste, durante a pré-temporada.

Muricy Ramalho não divulgou escalação do FlamengoGilvan de Souza / FlaImagem

Em dois meses, foram 17 compromissos, em 11 cidades diferentes. Além do Rio de Janeiro, os rubro-negros passaram por Fortaleza, Recife, Belo Horizonte, Macaé, Volta Redonda, Cariacica, Brasília, Aracaju, São Paulo e Juiz de Fora. A rotina de aeroportos e viagens de ônibus pesa sobre os jogadores.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Muricy deve escalar pelo menos sete reservas. Guerrero e Cuéllar estão a serviço das seleções peruana e colombiana, respectivamente, e Mancuello continua se recuperando de uma lesão no joelho direito. Juan, Wallace, Jorge e Sheik sentem os efeitos da peregrinação. Paulo Victor também tem chance de ser poupado, assim como Ederson, substituto natural de Mancuello, que pode dar lugar a Alan Patrick.

Everton e Sheik nem foram relacionados para a partida desta noite. O primeiro saiu mais cedo do treino para fazer um exame de monitoramento da fibrose na coxa esquerda. A lesão deixou o meia quase um mês parado. Ele voltou na derrota por 1 a 0 para o Atlético-PR, na última quarta-feira. Sheik, que entrou no segundo tempo da mesma partida, também apresenta desgaste físico.

CÉSAR MARTINS, O AMULETO DO TIME

César Martins tem 100% de aproveitamento em 2016. Em três jogos oficiais disputados, venceu o Fluminense (2 a 1), Cabofriense (1 a 0) e Bangu (3 a 1). Hoje, deve ser titular de novo.

“Todo mundo quer mostrar que pode ajudar. Se eu for escalado, espero corresponder”, disse o zagueiro, que não quebrou o mistério de Muricy Ramalho, ao ser perguntado se jogará hoje: “Não sei. Se você ficar sabendo, me fala (risos).”

César Martins teve ao seu lado, nesses três jogos, Wallace, Juan e Léo Duarte, respectivamente. O último deve ser seu parceiro desta vez. “A gente não se conhece muito. Contra o Bangu pegamos o jeito no segundo tempo”, admitiu.