Fla inicia Brasileiro com o alerta ligado

Resultados ruins deixam Rubro-Negro sob pressão

Por O Dia

Rio - Muricy Ramalho ainda não conseguiu ter paz no comando do Flamengo. Os resultados ruins esquentam a panela de pressão. Mesmo após nove dias sem jogar, o time não mostrou qualquer melhora. Ao contrário, perdeu jogando mal, na avaliação do próprio treinador. Com a proximidade da estreia no Campeonato Brasileiro, dia 14, contra o Sport, cresce a preocupação, internamente, em relação ao desempenho da equipe. Afinal, sem Maracanã, a vida do Rubro-Negro será dura na competição.

Flamengo de Muricy Ramalho não vem tendo um bom primeiro semestreGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

“Eu acho que vai dar liga. Nós temos bons jogadores. Estamos um pouco ansiosos, um pouco sem confiança. Mas vai dar liga, sim, temos um bom plantel”, afirmou Muricy que admitiu a fase difícil: “Estamos passando por um momento ruim, mas é falta de confiança. O jogador é assim, mas acho que na Copa do Brasil temos chance de reverter. E, no Campeonato Brasileiro, acho que esse time vai dar resultado”, afirmou o treinador.

Se, de um lado, a diretoria e o grupo mostram respaldo ao trabalho do treinador, do outro, o comandante defende seus jogadores. Para Muricy, não falta vontade e tampouco dedicação.

“Difícil de explicar. O time trabalha muito por toda a semana, aí, chega no jogo, os caras lutam, mas é difícil. Não pode baixar a cabeça. Temos o jogo de volta em casa, mas é complicado, porque os caras estão trabalhando demais e não conseguem o resultado.”

Até a estreia no Brasileiro, o time do Flamengo terá mais nove dias de descanso e treinos. A falta de tempo para ajustes e o desgaste estão vetados. Por isso, será preciso mostrar o resultado do trabalho.