Muricy Ramalho garante que Flamengo tem variações táticas para o Brasileirão

Técnico afirmou estar adaptado às características específicas dos jogadores, mas ressaltou: 'Na prática é diferente'

Por O Dia

Rio - O Flamengo ainda não está escalado para estrear no Brasileiro. Pelo menos é o que diz Muricy Ramalho. Alvo de muitas críticas por manter o esquema tático no 4-3-3, o técnico garantiu ter opções de jogo para a competição nacional. Emerson Sheik e Everton, que se recuperaram de lesões, estão à disposição e, como mostrado ao longo da semana nos treinos, podem ser utilizados na partida contra o Sport.

"A gente está a semana toda fazendo treinos para montar a equipe. Fizemos físico, tático. Agora perto do jogo vamos definir o time. Sheik está voltando, treinando muito bem. Everton se preparou esse tempo todo, estão sem dor. São jogadores que estão relacionados e são duas opções também", disse o técnico, que completou:

"Temos de respeitar as características dos nossos jogadores. Temos os 4-3-3, temos também o 4-4-2. Temos de ter variações. A semana de trabalho é pra você botar em prática. Aqui no microfone e no quadro negro, a gente é invicto. Na prática é diferente."

O Rubro-Negro chegou a disputar duas semifinais neste ano - o Campeonato Carioca e a Primeira Liga - e em ambas viu o time não render o esperado. Para ter um desempenho diferente no Brasileirão, a única competição de pontos corridos do ano, Muricy já estabeleceu metas para o time melhorar.

"Jogar mais junto, não tão separado. Trabalhar mais a bola no setor do meio-campo. Jogamos muito aberto, mas é a característica do nosso time, mas com certeza tem de corrigir um pouco o meio-campo", analisou.

O Flamengo estreia no Campeonato Brasileiro contra o Sport, no sábado, às 16h, no Raulino de Oliveira.

"Quem é competente ganha o Brasileiro. Não só dentro de campo, mas fora também", concluiu Muricy.