Marcelinho vê o Fla pronto para 'final' contra o Mogi: 'É tudo ou nada para nós'

Experiência é um dos trunfos para se manter vivo no NBB

Por O Dia

Marcelinho vê o Flamengo pronto para 'final' contra o Mogi das CruzesGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Rio - Com a experiência de quem já conquistou o NBB quatro vezes, Marcelinho resume com perfeição o clima do Flamengo para o jogo contra o Mogi das Cruzes, neste sábado, às 14h10, no Ginásio Hugo Ramos. A experiência, por sinal, é um dos trunfos do Rubro-Negro para sair das cordas e sobreviver, evitando que o rival, que vence por 2 a 1, feche a série semifinal.

"É uma final. A parte psicológica é preparar o nosso time para jogar uma final de campeonato, porque é uma final para nós. Se perdermos será o nosso último jogo. O nosso time foi muito bem montado, com jogadores qualificados e experientes que sabem lidar com este tipo de situação e de pressão. Estamos bem focados para conseguir esta vitória", declarou Marcelinho.

A rotina e a confiança rubro-negra não foram abaladas com a derrota no Tijuca, na segunda-feira. Como de praxe, os jogadores se reuniram. União necessária para superar o momento de adversidade.

"Sempre tem uma conversa, ganhando ou perdendo. A conversa foi mais para ficar tranquilo, mas ciente de que é um momento de tudo ou nada para nós, de sobrevivência no campeonato. Se perder acaba o campeonato e a chance de ser campeão. Temos capacidade de vencer. Os jogos têm sido muito disputados, decididos no fim. Temos de ter um pouco mais de atenção no fim de jogo e também temos de fazer um bom início do jogo. É entrar preparado e ciente do que esta partida representa para nós", acrescentou.

Além do Mogi, o Flamengo precisa superar um retrospecto negativo: nunca virou uma série no NBB quando o rival abriu 2 a 0 ou 2 a 1.

"O 'nunca' está aí para ser quebrado. O NBB é um campeonato recente. Estas estatísticas históricas ainda não têm tanto valor. Talvez daqui a 20 anos seja algo mais sólido", comentou Marcelinho.

Marcelinho e o Flamengo estão com a confiança em dia para o duelo com o Mogi das CruzesGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Talento, experiência e força da torcida. Esta combinação embala o Flamengo e reforça a convicção de que é possível se manter vivo no NBB.

"A confiança é a maior possível. Qualquer momento de decisão que passei aqui a confiança é inabalável. Chegar ao treino e ver a torcida presente, mostrando apoio. O que eles fizeram no Tijuca depois do jogo foi emocionante, mesmo depois da derrota, com todo mundo chateado, eles deram força: 'Vamos trazer de volta para cá'. Esta é mentalidade vencedora que o Flamengo tem e que nós temos de ter para conseguir
mudar a situação", encerrou o capitão rubro-negro.