Xô, crise: Flamengo busca regularidade e tranquilidade para embalar em campo

Rubro-Negro enfrenta a Chapecoense, nesta quarta-feira

Por O Dia

Rio - Não tem outra solução. O Flamengo precisa vencer para diminuir a crise que assola o clube. A receita para afastar a pressão é exatamente a mesma para voltar a ganhar em campo: tranquilidade. Além disso, buscar a regularidade no Brasileiro.

Alan Patrick aponta o caminho para o Flamengo sair da criseGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Falta um pouco de tranquilidade, principalmente nas chances de gol. Temos de ter frieza para concluir da melhor maneira. Pelo momento que se vive, fica a ansiedade para fazer o gol e de qualquer maneira não vai sair. Falta pouco para termos essa tranquilidade", analisou o meia Alan Patrick.

Às vésperas de encarar a Chapecoense, nesta quarta-feira, às 21h, no Raulino de Oliveira, o meia também analisou o desempenho rubro-negro no Brasileiro.

"Fizemos coisas boas. Na primeira rodada vencemos e na segunda fizemos bom jogo. De repente o empate com o Grêmio seria mais justo. Acho que todos viram que fizemos bom jogo. Temos mais uma partida difícil. O Brasileiro exige regularidade", afirmou Alan Patrick, que garante que a crise não influencia em campo:

"Quando a bola rola você dificilmente pensa no extracampo. Sabemos do momento, todo estão incomodados com sequência negativa, mas só depende de nós dar a volta por cima. Temos que buscar forças para mudar esse quadro", encerrou.